terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Moradores de Algodões, Quiterianópolis, protestam contra invasão de terreno da igreja local pela CE 351


Moradores da vila de Algodões, em Quiterianópolis, realizaram na manhã desta segunda-feira, 27, um protesto na CE 351, próximo à Igreja Católica daquela comunidade. Homens, mulheres e crianças interditaram a estrada, colocando fogo em pneus.

De acordo com o vereador daquela localidade, Oézio Gomes, a população protesta contra a Empresa Maciel Construções, responsável pela construção da CE 351, ligando Quiterianópolis a Parambu. Conforme o vereador, a empresa está descumprindo um acordo que havia feito com representantes da comunidade, da Câmara Municipal e Prefeitura de Quiterianópolis.
O parlamentar explica que no acordo a Prefeitura abriu mão de uma praça existente em frente e igreja para que a empresa construísse a estrada sem adentrar no terreno da capela. "Da maneira que eles tão querendo fazer a estrada vai ficar a menos de dois metros da calçada da igreja. Uma gente queria que passasse após o cruzeiro", explica.
O prefeito Dr. Barreto registra que se reuniu, em Algodões, com o engenheiro Genário, representante da empresa Maciel, junto com o vereador Oézio. Na ocasião, o engenheiro alegou que a estrada passaria muito mais próxima da capela por conta da praça existente em frente à igreja. "Para viabilizar a obra, abrimos mão da praça e autorizamos a demolição para que a estrada passasse mais distante da igreja", relembra o gestor.
Durante a reunião, o engenheiro mostrou como ficaria o projeto após a demolição da praça e os moradores concordaram. Porém, de acordo com Oézio Gomes e o prefeito, empresa está descumprindo o acordo.
Oézio Gomes adianta que se a empresa Maciel Construções continua descumprindo com acordo feito com a comunidade os moradores fazem outros protestos.
A Vila de Algodões fica a 20 km da sede de Quiterianópolis e a cerca de 15 km da sede do município de Parambu.
Cícero Lacerda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento