domingo, 26 de maio de 2019

Hemoce realiza mais uma campanha de doação de sangue em Tauá




O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) em parceria com a Secretaria de Saúde de Tauá,realiza mais uma campanha para doação de sangue nos próximos dias 28 e 29 de maio. Uma equipe do Hemocentro estará no Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, nos dia 28 de maio (terça) das 09h às 15h e no dia 29 de maio (quarta), das 07h às 14h30 para atender os doadores.

Após as coletas todo o material é encaminhado ao Hemoce, onde passará por avaliações para depois ser distribuído aos hospitais de todo o Estado.

PARA DOAR SANGUE É PRECISO:
Estar bem de saúde; apresentar um documento com foto; ter entre 16 e 69 anos; pesar mais de 50kg e estar bem alimentado. Os candidatos à doação de sangue com idade de 16 a 17 anos, devem apresentar o termo de consentimento para menores de 18 anos.Acesse o termo:

TERMO

Tauá é o primeiro Município do Estado a aderir ao Programa Saúde na Hora


Tauá é o primeiro Município do Estado do Ceará à aderir ao programa Saúde na Hora.O programa Saúde na Hora foi criado no dia 15 de maio passado,através de uma portaria do Ministério da Saúde e amplia os recursos destinados aos municípios que estenderem o horário de funcionamento de suas Unidades de Estratégia de Saúde da Familia,o popular PSF.O objetivo é garantir que a população tenha acesso aos serviços de saúde fora do horário comercial.O programa tem orçamento de R$ 150 milhões, que serão transferidos para os municípios aplicarem na ampliação do serviço. Os repasses dependem do tamanho das equipes.A adesão é voluntária.

O Secretário de Saúde de Tauá,Marcos Willian Noronha,confirmou que Tauá fez a adesão para a Unidade Básica de Saúde do Bezerra e Sousa,que compreende as estratégias Saúde da Família do Bezerra e Sousa,São Geraldo I e II e a Unidade Básica de Saúde do bairro Alto Brilhante,que compreende as estratégias Saúde da Família Ana Alves,Alto Brilhante I e II.As unidades terão um terceiro turno de funcionamento,ou seja,60h,com equipes completas:Médico,enfermeiro e saúde bucal.

Após ser formulada a adesão é feita uma análise técnica por parte do Ministério e com a aprovação do pedido é publicada a portaria no diário oficial da União,para que inicie o funcionamento estendido.