segunda-feira, 11 de julho de 2022

Esperança Agro promove leilão de Guzerá e Guzolando

 

Empresa pertencente ao Grupo Edson Queiroz (GEQ), conglomerado de grandes marcas como Esmaltec, Minalba Brasil, Nacional Gás e Sistema Verdes Mares, a Esperança Agro realizará - de maneira virtual - nos próximos dias 13 e 17 deste mês, os leilões "Tesouros da Teotônio" e "Produção da Teotônio", respectivamente.

No primeiro dia de leilão serão oferecidos 50 lotes de animais da raça Guzerá com genética premium para produção de leite e corte.

Já no segundo leilão, serão vendidos os animais da raça Guzolando da Fazenda Teotônio, com 68 lotes contendo bezerras, novilhas e vacas com alta genética para produção de leite.

O cadastro e lance para os leilões podem ser feitos enviando mensagem para (43) 9105-7341 ou pelo link http://bit.ly/3OvBZh0 e clicar em “Tenho interesse”

A linhagem dos animais, desenvolvida há 50 anos na Fazenda Teotônio, destaca-se por ter dupla aptidão, sendo utilizada como gado de corte e como matriz para a criação de linhagens específicas voltadas para a produção de leite. Esta será a primeira vez que a empresa realizará um leilão de seus animais.

"Além da alta produção leiteira e da favorabilidade para o corte, os animais da raça Guzerá têm grande facilidade de manejo, facilitando a ordenha e oferecendo menos riscos ao ordenhador", explica Gennaro Nóbrega, gerente de operações da Esperança Agro.

O rebanho da raça Guzerá, da Fazenda Teotônio, que será leiloado no dia 13 de julho, tem em sua base genética o touro Ghallor IV (1055), importado da Índia ainda no ventre da mãe.

Parte das matrizes provenientes do Ghallor foi utilizada para a produção de Guzerá Puro de Origem (P.O.) e outra para produção de Guzolando da Fazenda Teotônio, que também entrarão no leilão do dia 17, quando somente serão leiloados animais de alta produção leiteira.

"Vários programas de aprimoramento genético fechado foram desenvolvidos voltados para a produção de leite das duas raças na Fazenda Teotônio, uma expertise que dominamos há 50 anos. Esses animais, que chamamos de premium, são especiais tanto no que diz respeito à qualidade, quanto no poder econômico. Por isso decidimos oferecer essas raças nos dois leilões", diz Roberto Costa, diretor jurídico, de Relações Institucionais e de Compliance do GEQ.

A dupla aptidão da raça Guzerá permite que o produtor aproveite as fêmeas para dar sequência à produção enquanto os machos seguem para engorda ou venda para produção de carne, melhorando a rentabilidade do negócio.

Fonte: Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento