sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Sesa entrega fardamentos e kits de proteção a 4,5 mil agentes de combate às endemias

 

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) realiza, até 18 de fevereiro, a entrega de fardamentos e de kits de proteção para 4,5 mil agentes municipais de combate às endemias. Diante da necessidade do controle de mosquitos causadores de enfermidades, a exemplo das arboviroses, da leishmaniose e da doença de Chagas, a iniciativa visa ao fortalecimento das condições de trabalho da categoria.

Para os agentes municipais, estão previstos 1,7 mil conjuntos hidrorrepelentes, além de máscaras faciais completas e botas de couro. O kit inclui, ainda, 3,5 mil filtros, 4,5 mil viseiras e cinco mil bolsas de lona.

Segundo a secretária executiva de Vigilância e Regulação em Saúde, Ricristhi Gonçalves, o material hidrorrepelente confere uma proteção ao trabalhador de 95% nas atividades de pulverização de inseticidas. “As aquisições foram feitas observando todos os critérios técnicos necessários a cada atividade”, afirma.

Já para os servidores estaduais e federais cedidos ao Estado, estão disponibilizadas duas mil camisas, calças e bolsas de couro. Paralelamente, 600 jalecos, 500 viseiras, mil bolsas de lona e cem coletes serão distribuídos para os servidores e colaboradores do Laboratório de Entomologia Médica.

“A distribuição dos equipamentos de proteção individual (EPIs) vêm acontecendo conforme a atividade principal desenvolvida pelo servidor, seja ele agente de combate, agente de saúde pública, guarda de endemias ou auxiliar de Entomologia”, esclarece Luiz Osvaldo Rodrigues, orientador da Célula de Vigilância Entomológica e Controle de Vetores (Cevet) da Sesa.

Os itens são enviados às Áreas Descentralizadas de Saúde (ADSs), responsáveis pela entrega aos municípios.

Cronograma

Para assegurar a organização do processo, a iniciativa cumpre cronograma específico, conforme agenda abaixo:

As ADSs da Região Metropolitana, incluindo Fortaleza, Cascavel, Maracanaú e Maranguape, concluíram a entrega dos EPIs nessa quarta-feira (9).

As demais Áreas vêm sendo contempladas por meio de rotas pré-estabelecidas. De 7 a 11 de fevereiro, serão beneficiados os municípios de Aracati, Limoeiro do Norte, Russas, Icó, Brejo Santo, Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá e Baturité. De 14 a 18 de fevereiro, serão contempladas as cidades de Itapipoca, Acaraú, Sobral, Camocim, Tianguá, Crateús e Tauá.

Trabalho intersetorial

A iniciativa reúne esforços da Secretaria Executiva de Vigilância e Regulação em Saúde (Sevir), da Coordenadoria de Vigilância Ambiental e Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (Covat) e da Célula de Vigilância Entomológica e Controle de Vetores (Cevet).

Preservação à saúde
Ainda de acordo com Luiz Osvaldo, o intuito da proposta, além de proteger o trabalhador durante o seu ofício, é evitar um cenário epidemiológico grave. “Estamos falando de um conjunto de medidas preventivas. Os benefícios chegam à população de diversas formas. Ao cuidar do colaborador, garantimos a ele segurança para cuidar da população. Estamos sempre atentos aos riscos de eventuais epidemias sazonais e da incidência de outras enfermidades”, pontua.

Fonte: Sesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento