quinta-feira, 11 de novembro de 2021

Segunda etapa de vacinação contra Febre Aftosa no Ceará acontece durante todo esse mês

 

Até o dia 30 de novembro os criadores cearenses devem vacinar seu rebanho contra a Febre Aftosa. A Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), vinculada da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), reforça que nesta segunda etapa devem ser vacinados todos os animais com até 24 meses de idade.

Também é parte da Campanha que o criador declare a vacinação junto a Adagri até o dia 15 de dezembro. Ela pode ser feita acessando o site da Agência (www.adagri.ce.gov.br) ou no Portal do Produtor, sem a necessidade de deslocamento até o órgão. “Não havendo essa possibilidade, ele deve se dirigir a um Núcleo Local da Adagri ou a um dos escritórios parceiros em seu município”, explica o diretor de Inspeção e Fiscalização da Adagri, Amorim Sobreira. “Os escritórios da Agência estão funcionando normalmente, das 08 horas às 17 horas, para atender aqueles criadores que não puderam declarar a vacinação por meio eletrônico”, completa o diretor.

São parceiros da Campanha a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC/Senar), Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) e Secretarias de Agricultura municipais.

A Adagri vem trabalhando para que o Ceará alcance junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o status de Livre de Febre Aftosa sem Vacinação.

Para isso é necessário que nas próximas campanhas o rebanho cearense seja vacinado acima de 90% por município. “Faço aqui um apelo a todos os produtores do Ceará que vacinem seu rebanho contra a Febre Aftosa. Esse status é um importante ganho para os nossos produtores que vão poder comercializar em todo o território brasileiro. Isso aquece a economia do nosso Estado. Não deixem para a última hora”, destaca a presidente da Adagri, Vilma Freire.

O coordenador do Programa de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa da Adagri, Joaquim Barros, também reforça a necessidade da vacinação dentro do prazo estabelecido, para evitar que o criador fique inadimplente junto à Agência e também seja multado. “Pedimos a atenção do criador em não deixar para vacinar na última hora. A Adagri está fazendo sua parte, para que em breve não seja mais necessário a vacinação. E vocês também precisam fazer a parte de vocês, que é vacinar e declarar essa vacinação”, completa.

Para mais esclarecimentos, acesse o site da Adagri (www.adagri.ce.gov.br) ou entre em contato através do telefone: (85) 3108-2747.

Fonte: Governo do Ceará 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento