sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Mulher é agredida no Estado do Piaui e suspeitas seriam de Tauá


Uma mulher identificada por Francisca Silvia da Silva Alencar, de 32 anos, foi supostamente  sequestrada por quatro ou cinco mulheres após sofrer agressão física, na tarde desta sexta-feira,16, no bairro Bulandeira, no centro de Pio IX,Piaui.

Segundo informações, a vítima estava em casa quando foi surpreendida pelas pessoas ocupantes de um veículo Ônix de cor vermelha.Ainda de acordo com informações, Silvia, foi agredida, mas no primeiro momento houve luta corporal e ela conseguiu escapar, fugindo para um beco sem saída, onde foi novamente capturada e colocada no veículo que tomou rumo ignorado.

A Polícia Militar foi acionada e realizou  diligências conseguindo localizar a vitima em uma rodovia na divisa do Piauí com o estado do Ceará.

“Ela está bem. Chegou em casa um pouco machucada e abalada e não consegue explicar direito como foi salva. O importante é que ela está bem”, disse uma irmã da vítima.

De acordo com a família, Silvia chegou em casa aparentemente bem e por estar com algumas escoriações pelo corpo, foi conduzida ao hospital municipal de Pio IX.

Sequencia do caso

A informação sobre o fato chegou ao Estado do Ceará e a região dos Inhamuns,com alertas para que fossem montadas barreiras para tentar identificar e apreender o veiculo utilizado na ação.Diante das informações a equipe Romu da Guarda Municipal de Tauá,fez uma campana na Vila Joaquim Moreira,observando um veiculo passar com as mesmas caracteristicas.O POG foi acionado e uma equipe se deslocou para a BR-020,fazendo a abordagem ao veiculo suspeito,mas as informações foram divergentes.Ainda na sequencia do caso chegaram mais informações,confirmando que o carro seria o mesmo abordado e liberado anteriormente.Imediatamente as equipes da Romu, composta por Dexter e  Hernaldo e Equipe POG,Sargento Juciliano e Cabos  Rayan e Alves,foram até uma residência na rua Adalberto Correa Lima,onde as suspeitas foram localizadas e conduzidas para a delegacia de policia para os procedimentos.

Polícia descarta caso de sequestro

Segundo  o delegado Dr. Adriano Queiroz, a princípio será feito procedimento por portaria por lesão corporal, e a denúncia de sequestro não foi comprovada, pois a vitima das agressões, identificada como Silvia, se encontra em Pio IX, no Piauí e será ouvida posteriormente. Não foi informado o motivo das agressões.

Fontes:www.portalenoticias.com.br e repórter Flaviano Oliveira