quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Abandone oito hábitos que envelhecem e danificam a pele


Com o passar do tempo, linhas de expressão, flacidez, rugas e falta de luminosidade passam a incomodar. Ter cuidado com a pele é essencial para evitar o envelhecimento. Embora inevitável, alguns hábitos aceleram o processo, como o tabagismo, o estresse e até o açúcar. Confira as falhas mais comuns que muitos cometem:
– Ignorar o protetor solar
Esse é o principal motivo que causa envelhecimento precoce da pele. Muitas pessoas não levam a sério a recomendação de utilizar diariamente protetor solar, mesmo quando os dias estão nublados ou chuvosos. Muitos produtos de maquiagem possuem filtro solar, mas dermatologistas dizem não ser o suficiente. Então, nem pense em sair de casa sem protetor solar.
– Tabagismo
O cigarro diminui a oxigenação da pele, prejudica a circulação e aumenta a produção de radicais livres. O fumo e a nicotina prejudicam a elasticidade e facilitam o envelhecimento, resultando em uma pele grossa e opaca.
– Dormir de maquiagem
Além de aumentar a oleosidade e favorecer o surgimento de espinhas, dormir maquiada ainda acelera o envelhecimento da pele.
– Estresse no dia a dia
Estresse e ansiedade interferem diretamente na saúde. O estresse emocional altera os hormônios, aumentando a liberação de corticoide endógeno e adrenalina. Dessa forma, a pele fica mais oleosa e também mais predisposta a doenças e infecções.
– Beber pouca água
Um dos primeiros sinais da falta de água (desidratação) se dá na pele e nas mucosas. A falta de ingestão de água deixa a pele flácida e sem viço. O recomendado é consumir pelo menos dois litros de água por dia.
 Consumo de açúcares em excesso
Em excesso, o açúcar é responsável por outro processo de envelhecimento celular. Ele se liga às proteínas da pele, como o colágeno, provocando a rigidez destas proteínas. Como ela perde a elasticidade, fica mais flácida e com rugas.
– Espremer espinhas
Espremer espinhas libera bactérias na pele e ajuda no aparecimento de manchas.
– Dormir pouco
Sem sono adequado não existe reparo. Durante o sono, as células da pele se regeneram, e a falta dele ao longo do tempo vai deixando a pele sem brilho e favorece o aparecimento das olheiras.

http://tribunadoceara.uol.com.br