sexta-feira, 27 de maio de 2022

Lesão corporal com roçadeira e caso na lei Maria da Penha no plantão policial

 

Dois procedimentos foram realizados no plantão na 14ª Delegacia Regional de Tauá. O primeiro foi de uma lesão corporal grave, onde a vítima foi José Alves da Silva, residente no bairro Cohab. Ele relatou que entrou em desentendimento com o vizinho, identificado como Wanderson Pereira Fernandes, no final da tarde dessa quinta-feira (26), por conta de uma água suja que passava na frente das residências. O acusado procurou o mesmo armado com roçadeira e no momento da agressão ele conseguiu se desviar, mas foi atingido nos dedos da mão esquerda e na coxa. A Policia Civil vai investigar o fato, que foi considerado como lesão corporal. 

O segundo procedimento foi registrado por uma advogada que representou a vítima que se encontra internada no Hospital Dr. Alberto Feitosa. A vítima, com identidade preservada, informou que vem rotineiramente sendo agredida por seu companheiro. Os filhos também já foram vítimas de agressões. Depois de mais uma ação do acusado, a vítima acabou tomando vários comprimidos ao mesmo tempo e foi parar no hospital. O delegado plantonista, Adriano Queiroz, acompanha o caso e deverá ouvir a mulher no hospital. O caso é registrado como mais um na chamada Lei Maria da penha. 

Repórter Edy Fernandes 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento