sábado, 12 de fevereiro de 2022

Céu avermelhado assusta moradores de vários Municípios, Funceme explica

 

Flagrante do céu vermelho em Madalena deixou moradores intrigados (Foto: Pedro Adriano)

O céu em algumas cidades cearenses continua a assustar e intrigar a população. No Sertão Central, mais cidades voltaram a registrar o fenômeno ao amanhecer, como Madalena. Uma imagem compartilhada na manhã desta sexta-feira (11) deixou os internautas intrigados.

O Revista Central mostrou o caso essa semana. Além de Madalena moradores de Quixadá também flagraram imagens do céu avermelhado. A cor predomina ao amanhecer, antes do tradicional alaranjado do nascer do sol. O fato, que tem chamado atenção, também foi registrado em outros municípios do Nordeste, como no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Conforme análise realizada pela Gerência de Meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), tal coloração tem relação com as cinzas do vulcão submarino Hunga Tonga-Hunga Ha’apal, localiza em Tonga, no oceano Pacífico, que entrou em erupção no dia 15 de janeiro.

“Em virtude da circulação atmosférica global (ventos), as cinzas vulcânicas estão em deslocamento nos altos níveis da atmosfera e no momento estão passando sobre o Nordeste do Brasil. O fenômeno óptico ocorre quando a luz solar entra em contato com o material em suspensão no ar, que pode ser sólido ou gasoso como as cinzas), sofrendo o efeito de espalhamento, que é parecido com o efeito da luz quando passa por um prisma, no qual a luz branca dispersa-se em diferentes cores”, explica o meteorologista Agustinho Brito.

Fonte: Revista Central 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento