quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Celulares e computadores antigos podem perder acesso a internet

Usuários de computadores e celulares antigos podem perder o acesso à internet nesta quinta-feira (30). Um elemento chave para a conexão à rede de celulares, computadores, navegadores de internet e até console de videogames desatualizados expirou nesta data. Alguns setores chamam o caso de "apagão da internet". As informações são da BBC.  

A ferramenta responsável pelo desplugue é um certificador raiz — espécie de chave de link entre um dispositivo, seja um celular ou computador, e a internet —, chamado IdenTrust DST Root CA X3, que expirou neste 30 de setembro às 11h01 (horário de Brasília). 

Para evitar ser vítima de um apagão desse tipo, os usuários devem manter os dispositivos atualizados (iOS, Android, Windows, entre outros), pois essa atitude permite que os certificados raiz fiquem em dia, já que os que estão próximo de expirar são substituídos por outros durante as atualizações do sistema.  

A maioria dos dispositivos deve continuar a funcionar normalmente, mas aqueles com sistemas operacionais desatualizados podem perder a conexão com a rede.  

Computadores de fábricas que nunca estão conectados à internet ou celulares que nunca se conectam a uma rede Wi-Fi ou não tiveram o sistema operacional atualizado nos últimos cinco anos podem ser afetados pelo apagão.  

Segue a lista de alguns dispositivos que podem ser afetados, conforme a BBC: 

Celular iPhone que tenha sistema anterior ao iOS 10 (o iPhone 5 é a versão mais antiga que pode instalar o iOS 10);
Computadores com Windows XP SP3
MacBooks com sistema anterior ao macOS 2016;
Computadores com sistema operacional anterior ao Ubuntu 16.04;
Consoles de PlayStation 3 que usam firmware e Nintendo 3DS
Telefones Android com a versão anterior ao Nougat 7.1.1 (mas poderão continuar usando internet por meio do navegador Firefox)
O navegador Firefox com versão inferior a 50
Computadores que usem OpenSSL, NNS, Java 8 e 7, o sistema Debian 
As informações não esclarecem se serão afetados dispositivos como os telefones Blackberry (versões anteriores ao 10.3.3) e os Kindles de versão inferior à 3.4.1. 

Certificados expiram como medida de segurança. Autoridades de certificação públicas e privadas, conhecidas como CA, na sigla em inglês, são encarregadas por renovar ou revogar a validade dessa ferramenta.  

O especialista em segurança de computadores Scott Helme explicou, em seu blog, que "uma vez que este CA raiz expira, os clientes, como os navegadores web, já não confiam nos certificados emitidos por este CA".

As renovações dos certificados são distribuídas com as atualizações do sistema do dispositivo.  

Fonte Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento