segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Câmara aprova projetos e mais um parlamentar se licencia

 

A Câmara Municipal de Tauá realizou nesta segunda-feira (09), mais uma sessão ordinária, de forma presencial, sob o comando do Presidente Helder Castelo. Um público limitado acompanhou a sessão direto das dependências do legislativo, enquanto a transmissão é feita também ao vivo através do Faceboook e do site do legislativo. 

Na ordem do dia foi aprovado o projeto de autoria da Mesa Diretora, que altera a lei municipal 2575 e anexos, alterando e unificando a estrutura administrativa dos cargos de provimento da Câmara Municipal de Tauá. Uma emenda foi apresentada e aprovada junto com o projeto. 

Dois projetos concedendo títulos de cidadania tauaense foram aprovados por unanimidade, sendo agraciadas as senhoras Maria Nunes Furtado Feitosa e Maria Augusta Pinheiro Mota. Os dois projetos foram de autoria do vereador Alaor Mota. Também de autoria do mesmo parlamentar foi aprovado o projeto que concede a medalha prefeito Antônio Jatai Sobrinho, ao senhor José Cidrão Filho. 

O Presidente Helder Castelo destacou nas moções de congratulações aprovadas na sessão de hoje, a moção à comunidade de Cipó, Carrapateiras, pela realização dos festejos da Padroeira Nossa Senhora da Glória, ocorrido no período de 05 a 14 de agosto. São 4o anos de muita fé e devoção. 

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal, o vereador Alaor Mota, do PP, anunciou que está se licenciando também do legislativo tauaense. Segundo ele, é uma licença para tratar de assunto particular, ou seja, não recebe remuneração e o único motivo é dar uma oportunidade para os suplentes do partido. Alaor disse que reconhece o trabalho dos demais integrantes da chapa e vai dar uma oportunidade a todos os suplentes. O primeiro a assumir sua vaga será o contador Tiago Feitosa, que tem tradição politica, é filho do ex-vereador Julinho Gonçalves. 

O clima esteve tenso mais uma vez entre os vereadores Fúlvio Gonçalves e Felipe Viana. Na sessão passada os parlamentares entraram em rota de colisão e o fato se repetiu, quando o vereador Fúlvio ocupou a tribuna para responder ao vereador Felipe, que não lhe concedeu aparte na semana passada. O Presidente Helder tentou contornar a situação e manteve a sessão até o seu final. O vereador Fúlvio prometeu que mesmo que seja atacado seria a última vez que responderia e no pronunciamento final o vereador Felipe explicou que teve uma reação natural. 

VEJA A PAUTA DA SESSÃO 

ASSISTA A SESSÃO 

Repórter Edy Fernandes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento