segunda-feira, 17 de maio de 2021

Programa de Recompensa vai pagar R$ 10 mil por informações que levem à prisão de suspeito de matar policial civil em Tauá

 

As Forças de Segurança do Ceará seguem à procura do homem apontado como autor do homicídio que vitimou o escrivão da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Aloizio Alves de Lima Amorim, de 60 anos, no último dia 30 de abril, enquanto o servidor realizava um flagrante na Delegacia Regional de Tauá. Desde então, as buscas por Antônio Josivan Lopes Silva, de 30 anos, não cessaram. A partir de agora, informações que levem à prisão do suspeito resultarão no pagamento de R$ 10 mil, referente à premiação do Programa Estadual de Recompensa. As denúncias devem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Com a inclusão do nome do fugitivo da Polícia cearense no Programa Estadual de Recompensa, a população também vai poder colaborar com as diligências policiais. Vale lembrar que as informações prestadas pelo denunciante serão mantidas em absoluto sigilo. Aquele que prestar informações falsas ou de má-fé responderá civil e criminalmente.

Os efetivos das Polícias Civil e Militar continuam mobilizados nas buscas pelo homem há mais de 15 dias. Várias equipes de policiais civis de delegacias de todo o Estado foram enviadas para a região, além de composições da Polícia Militar do Ceará (PMCE), a fim de capturar o suspeito de matar o escrivão. Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS também dá apoio às equipes quando da descoberta de novas pistas que levem ao homem.

O valor disponível para o pagamento de informações sobre o paradeiro de Antônio Josivan Lopes Silva vale até o dia 11 de setembro de 2021, quando encerra o prazo final para recebimento de denúncias. Outros nomes e valores de cada um dos foragidos incluídos no Programa Estadual de Recompensa encontram-se no site Recompensas.

Pagamento

Para receber o valor da recompensa, será observada a relevância da informação para a localização de pessoas que estejam com mandado de prisão pendente de cumprimento. Se a denúncia for determinante para o resultado que se pretende atingir, a comissão deliberará sobre o pagamento dos valores após análise do relatório feito pela autoridade policial encarregada da investigação.

A premiação será dividida igualmente nos casos em que mais de uma informação for determinante para o desfecho da missão. Aquele que prestar informações falsas ou de má-fé responderá civil e criminalmente.

Critérios de participação

Qualquer pessoa poderá colaborar com o envio de denúncias, exceto os agentes de segurança pública e servidores administrativos dos órgãos que compõem a Comissão Estadual do Programa de Recompensa. A participação de parentes dos agentes de segurança pública e dos servidores também é vedada.

Apontado como autor do homicídio que vitimou um policial civil do Ceará. Tem passagens por tentativa de latrocínio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Recompensa: R$ 10.000,00
Disque 181

O Disque-Denúncia é o canal disponibilizado para o recebimento de informações que auxiliem os órgãos de segurança pública do Ceará. As ligações são gratuitas e os números telefônicos não ficam registrados no sistema. O serviço é oferecido 24 horas por dia e as informações sigilosas são tratadas pela Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS. O sigilo é garantido.

Fonte: Secretaria Segurança do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento