quinta-feira, 13 de maio de 2021

Aposentado do INSS pode realizar prova de vida no caixa eletrônico

 

Aposentados e pensionistas que precisarem comparecer ao banco em que recebem o benefício do INSS, para resolver alguma pendência, poderão usar qualquer caixa eletrônico para fazer a prova de vida. Vale lembrar que desde março de 2020 o recadastramento não é obrigatório.

De acordo com o INSS, cerca de 6,5 milhões pessoas já fizeram a comprovação neste ano, apesar de a obrigação estar suspensa.

A não obrigatoriedade do procedimento segue até o dia 31 de maio. Em seguida, o INSS deve divulgar um plano para retomar a exigência aos poucos para não causar aglomerações.
 
COMO REALIZAR O PROCEDIMENTO

Por conta da pandemia, as agências físicas estão funcionando das 9h às 10h, exclusivamente para o atendimento de aposentados e beneficiários do INSS.

Dessa forma, o beneficiário que tiver a biometria cadastrada poderá usar qualquer caixa eletrônico para o recadastrar a senha, tendo em vista que muitos bancos aceitam qualquer transação realizada como prova de vida.

Segundo o INSS, por biometria foram realizadas 307.875 provas de vida em 2021.

Já no caso dos beneficiários sem biometria é possível ir à agência bancária, com CPF e documento com foto, em horário alternativo.

Correntistas do Banco do Brasil podem ainda fazer a prova de vida por aplicativo de celular, sem sair de casa.
 
INSS DEVE DIVULGAR CALENDÁRIO PARA RETOMADA DO PROCEDIMENTO

De acordo com o INSS, uma nova instrução normativa, com orientações para os beneficiários, será publicada nos próximos dias no "Diário Oficial da União".

O cronograma de retomada deverá ser organizado conforme o mês em que o prazo para a renovação de senha venceu.

O beneficiário ainda pode obter maiores informações sobre seu benefício no telefone 135 ou no aplicativo Meu INSS.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento