quinta-feira, 25 de junho de 2020

PF investiga fraudes em benefícios da Previdência e cumpre mandados em Tauá e Catarina


A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (25) a Operação Fantasmas, a partir da qual foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva contra um advogado, nas cidades cearenses de Tauá e Catarina, na região do sertão dos Inhamuns. Ele, cujo nome não foi revelado, é investigado por supostas fraudes previdenciárias.

Os mandados foram cumpridos em endereços do advogado e expedidos pela 25ª Vara Federal Justiça Federal de Iguatu.

De acordo com as investigações da Polícia Federal, o suspeito criou 17 pessoas físicas fantasmas para receber indevidamente o Benefício Assistencial ao Idoso (BPC), além de inserir informações falsas no CadÚnico.

Além disso, ele ainda recebeu o auxílio emergencial pago pelo Governo Federal, tendo em vista que estava com cadastros no CadUnico.

As buscas foram acompanhadas por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Fonte: Diário do Nordeste

A nossa reportagem apurou que o advogado atua na região de Catarina e já teve escritório em Tauá em parceria com outros advogados. O mandado de busca foi cumprido no centro de Tauá dentro da tranquilidade.


2 comentários:

  1. Ao não informar o nome do advogado, todos os outros advogados são prejudicados.

    ResponderExcluir
  2. E q estou desempregado desde janeiro só recebi uma parcela do auxílio emergencial,e o meu cadastro volta pra ser reavaliado

    ResponderExcluir

Botões de Compartilhamento