quinta-feira, 25 de junho de 2020

CPRaio prende em Crateús acusados de fraudar beneficiários do Auxilio Emergencial


A equipe do CPRaio 02 de Crateús, composta pelo Sargento Leite, Cabo Ismael e Soldados Batista e Denilson, realizou a prisão de acusados de fraude em contas dos beneficiados com o auxilio emergencial do governo federal.

Ontem, por volta de 17h a equipe fazia patrulhamento de rotina na cidade de Crateús, próximo ao Ginásio Poli Esportivo Deromi Melo onde foram abordados dois indivíduos em atitude suspeita em uma motocicleta na rua Barão do Rio Branco. O garupeiro ao avistar a equipe jogou uma mochila no chão, que após verificação se tratava de um notebook e vários Chips telefônicos. Carlos Henrique condutor da motocicleta estava com R$ 150,15 no bolso e o mesmo informou ser o proprietário dos objetos na mochila, confirmando que se tratava de aparatos para fraudes no auxílio emergencial do governo federal e o notebook conteria milhares de dados como nomes de pessoas, CPFs e demais arquivos para fraudes. Segundo ele, nos últimos dias teria movimento mais de R$ 50.000,00 e não tendo sequer noção de quanto teria movimentado anteriormente, que teria gasto tudo em farras e drogas.

Carlos Henrique também explicou detalhadamente a guarnição como eram os procedimentos, recebendo ajuda de uma pessoa de São Paulo para fazer a invasão dos bancos de dados onde eram extraídas todas as informações. Na residência do mesmo, na Rua Renato Braga, tinha vários chips telefônicos guardados, já utilizados na prática delituosa, como também cartões de crédito diversos de origem desconhecida. O garupeiro Tiago informou que participava apenas fazendo os saques e recebia uma quantia não informada como pagamento, como também possuía uma arma de fogo, que estaria em sua residência na Rua Barão do Rio Branco. No local foi encontrada a pessoa de nome Salvador, que também praticava os saques em troca de pagamentos.

Os procedimentos foram realizados na delegacia regional de Crateús, através do delegado, Breno Sales. O primeiro acusado é Carlos Henrique Neres da Silva, 18 anos, Autuado em flagrante delito no Artigo 288 do CPB. O segundo acusado é Thiago Costa Macêdo, 20 anos, Autuado em flagrante delito nos artigos 288 do CPB e artigo 12 da lei 10826-06 (estatuto do desarmamento).  O terceiro acusado é Salvador Vitorino, 27 anos, Autuado em flagrante delito no artigo 288 do CPB.

Material apreendido:

1 notebook Samsung contendo vasto material para fraudes

1 revólver Taurus calibre .32 com 2 munições picotadas

88 Chips telefônicos (13 da vivo, 6 da claro e 69 Tim)

14 cartões de crédito diversos de origem desconhecida

R$ 150,15

2 vales transporte

3 aparelhos celular (Samsung)

O Comandante do CPRaio, Tenente Wladimir, acredita que essa mesma quadrilha atuou também em outros municípios da região, inclusive em Tauá. Nos últimos dias dezenas de boletins de ocorrências foram registrados nas delegacias da região por fraude no beneficio do auxilio emergencial.

Repórter Edy Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento