quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Curso de Teologia é lançado em dez unidades prisionais do Ceará


O Sistema Penitenciário no Ceará iniciou nesta quarta-feira (4) um curso básico em Teologia. Com a iniciativa da Secretaria da Administração Penitenciária, através da Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso da SAP, o novo curso é realizado em parceria com o Centro de Educação Teológica.

Dez unidades prisionais do Ceará ofertam o curso: Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (CEPIS), Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Jucá Neto (CPPL 3), Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL 2), Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL 4), Institutto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), Caucaia, Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa (IPF) e Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes.

As aulas acontecerão nas quartas e sextas-feiras, durante o período de 12 meses, com a carga horária de 192 horas/aula. São 30 turmas de 25 alunos, totalizando 750 apenados beneficiados com o curso de Teologia. Os internos recebem uma apostila e uma Bíblia auxiliar nos estudos. Os livros sagrados foram doados pela Sociedade Bíblica do Brasil, outra parceira no projeto.

Além do conhecimento adquirido, os detentos também recebem outro benefício: a remição de pena. A cada 12 horas de estudo diminui um dia na pena.

Presidido pelo pastor Jorge Fernando, o curso tem como objetivo principiar o interno para o mundo religioso e incentivá-lo a pregar a palavra de Deus nas unidades e, principalmente, no mundo externo. “Queremos que eles iniciem nesse curso e quem sabe eles continuem e se aperfeiçoem na Teologia e futuramente sejam professores da ciência que estuda a existência de Deus e conhecimento da Divindade”, explicou.

Os responsáveis pela didática de repassar o conhecimento para os detentos são professores voluntários. Edeânio do Nascimento e a sogra Lucivalda de Sousa são dois desses profissionais. “Foi um convite que aconteceu na nossa Igreja Ebenezer Pentecostal e nós aceitamos de imediato. É uma satisfação grande para nós realizarmos esse projeto e ajuda a promover a palavra de Deus e dá esperança para eles em um recomeço de vida”, esclarece Edeânio.

A coordenadora da Cispe, Cristiane Gadelha, destaca mais esse projeto realizado pela Secretaria. “Com esse curso desejamos que esses internos reflitam sobre a vida, aumentem a sua fé, compreendam todas as circunstâncias da vida e saiam daqui com possibilidade de melhorias, de conseguir outras oportunidades, sem infração da lei. É uma orientação do secretário possibilitar todas as oportunidades profissionais e desenvolvimento pessoal dentro das unidades do estado do Ceará, afirma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento