sábado, 1 de agosto de 2015

PADRE DE QUITERIANÓPOLIS ERA QUEM DIRIGIA CARRO QUE ATROPELOU ANDARILHO


Um acidente com um veículo conduzido pelo pároco de Quiterianópolis, Padre Adriano Cândido, tirou a vida do andarilho Antônio Abdon, conhecido como Antônio Doido. O fato aconteceu na noite dessa sexta-feira (31), na CE 265, próximo a Ladeira do Piauí, trecho Nova Russas/Ararendá. No automóvel, também viajava Maria Lurdineide Soares Freitas, 41 anos, natural de Independência.

A primeira informação era que Lurdes seria a condutora do veículo,mas por telefone o Padre Adriano explicou como tudo aconteceu. O carro era conduzido pelo próprio Padre Adriano e após o acidente ele acionou a ambulância e permaneceu no local até o socorro da vítima, que faleceu a caminho do hospital. Padre Adriano relata que ficou muito abalado emocionalmente e precisou se retirar. Lurdes permaneceu para prestar todos os esclarecimentos à Polícia sobre o acidente.

Antônio Abdon residia no distrito de Miguel Antônio, município de Nova Russas, e sempre fazia este trajeto a pé para a localidade Macaco. O corpo da vítima foi levado ao Hospital de Nova Russas e depois encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sobral.

Padre Adriano Cândido reside em Quiterianópolis, onde é pároco há seis anos. Ele é natural de Ararendá e ia visitar a família naquela cidade.
Foto e informações do blog do radialista Denes Lima
Cícero Lacerda