segunda-feira, 9 de maio de 2022

Câmara aprova projetos do executivo e situação do atendimento da rede bancária é debatida no plenário

 

A Câmara Municipal de Tauá voltou a se reunir nesta segunda-feira (09), sob o comando do Presidente Genival Coutinho, para a realização da 17ª Sessão ordinária do atual período legisdlativo. 14 parlamentares participaram da sessão.

A sessão marcou as despedidas do vereador Raimundo Olanda. Ele ocupou a vaga do vereador Alaor Mota durante 04 meses e participou da última sessão, voltando a condição de suplente. O parlamentar ocupou a tribuna quando fez agredecimentos pelo tempo que esteve no legislativo e prometeu continuar torcendo pelo sucesso da casa.

Um dos assuntos mais debatidos, foi a partir do pronunciamento do vereador Érico Lima, que reclamou do atendimento das agências bancárias de Tauá. O vereador disse que tem recebido constantes reclamações de aposentados ou seus representantes, que tem faltado dinheiro para o pagamento dos beneficios na agência do Banco do Nordeste de Tauá. Idosos se deslocam do interior e tem que aguardar a disponibilização de dinheiro na agência ouque tem atrasado os seus compromissos. Outros parlamentares, como Vony Sousa, Fúlvio Gonçalves, reforçaram o pronunciamento do vereador Érico, estendendo às criticas para outras agências bancárias. Foi citada a situação do Bradesco onde enormes filas são formadas todos os dias, enquanto os clientes até chegam a comprar senhas para agilizar o atendimento.

Na ordem do dia, foi aprovado em regime de urgência o projeto de lei que altera a Lei Municipal nº. 2.608, de 30 de setembro de 2021 e adota outras providências. O projeto de lei visa aperfeiçoar o Programa Tauá Solidário.

CONFIRA O PROJETO

O Projeto que gerou maior debate foi o 37 de autoria do executivo, que revoga dispositivos da Lei nº 791, de 30 de agosto de 1993, na forma que indica e adota outras providências. Uma emenda a matéria foi apresentada pelo vereador Fúlvio Gonçalves, que foi rejeitada, com 09 votos contra e 04 votos a favor. O projeto em seguida foi aprovado com 10 votos favoráveis e 04 votos contra. A matéria trata sobre a chamada Licença Prêmio dos servidores públicos. O projeto modifica a licença para uma licença para capacitação, que será concedida a cada quinquênio de efetivo exercicio.

COMO FICA O PROJETO

PROJETO NA ÍNTEGRA

Foi aprovado também projeto de autoria do executivo que dispõe sobre criação do Parque de Desenvolvimento Tecnológico do Município de Tauá, autoriza o Poder Executivo Municipal a instituir empresa pública para execução do Programa de Inovação, Empreendedorismo, Produção Científica e Tecnológica na forma que indica e adota outras providências.

CONFIRA O PROJETO

CONFIRA A PAUTA COMPLETA

ASSISTA A SESSÃO

Repórter Edy Fernandes

2 comentários:

  1. Como sempre o servidor é o mais prejudicado...mexer na licença-prêmio, pra quê? Deixa o servidor fazer o que quiser...Sempre nós servidores somos o alvo de toda administração seja federal estadual ou municipal , por isso deixei de votar ...político nunca ajudou servidor público...Depois ficam atrás de votos...Toma !!! E os outros acham bom...são só temporários e a inveja de quem é efetivo sempre houve...Votem !! Na próxima te mandam pra rua...se pudessem!! Tenho certeza que trocariam tudo...#Souservidorpublicocomorgulho

    ResponderExcluir
  2. Vergonha na caixa econômica onde tem vários caixas e so dois fonciona e muitas vezes so um tem dinheiro

    ResponderExcluir

Botões de Compartilhamento