segunda-feira, 14 de março de 2022

Jogador de Futsal que já atuou em Tauá, consegue retornar da Ucrânia para casa

 

O jogador de futsal Ewerton Florêncio já está em casa e ao lado da família. Ele saiu da Ucrânia há cinco dias e chegou em Pernambuco às 3h10 desta segunda-feira.

Ainda no Aeroporto Internacional do Recife, Ewerton recebeu os abraços do filho Samuel e da esposa Bárbara. Logo depois, viajou para Caruaru - cidade onde mora - a 140 km do Recife.

- Já estou matando a saudade da família. Foi um tempo de aflição, de saudades, mas graças a Deus deu tudo certo no final. Cheguei rápido no Brasil, a gente torce para que a guerra lá acabe e que tudo fique na paz - desabafou.

Ewerton enfrentou quase 65 horas de viagem. Depois de Kherson - cidade no Sul da Ucrânia onde estava trabalhando - o jogador foi para a Crimeia, e de lá, viajou 32 horas de trem até Moscou. Após passar um dia na capital russa, o caruaruense enfrentou seis horas de voo até Dubai, e mais 15 horas até Guarulhos. Do aeroporto paulista até Caruaru, foram outras cinco horas.

Ewerton tem 32 anos e é atleta do Prodexim Kherson, clube que disputa a principal liga de futsal da Ucrânia. No começo da invasão russa, o jogador relatou ouvir explosões perto do apartamento onde morava com mais dois jogadores brasileiros. A cidade já foi totalmente dominada pelo exército da Rússia.

O ala disse que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Embaixada do Brasil na Ucrânia e o Itamaraty ajudaram no retorno.

Fonte: GE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento