terça-feira, 19 de outubro de 2021

Governo do Ceará reforça a segurança pública com a posse de 247 oficiais da Polícia Militar, um é de Tauá

 

O Governo do Ceará deu posse a 247 novos oficiais da Polícia Militar nesta terça-feira (19), em cerimônia realizada no Centro de Eventos do Ceará. A solenidade foi transmitida ao vivo, pelas redes sociais, e presidida pelo governador Camilo Santana. Os novos oficiais fazem parte do reforço operacional para ampliar a atuação das forças de segurança em todo o Estado. Ao lado do governador, estavam a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, o secretário de segurança pública e defesa social, Sandro Caron, o comandante geral da Polícia Militar, Cel. Márcio Oliveira, e o diretor geral da Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp), Cel. Clairton Abreu.

O ingresso no oficialato da corporação militar se dá através de concurso público. Para se tornar um tenente da Polícia Militar, os candidatos passaram por um rigoroso processo seletivo dividido em etapas. A primeira foi a fase intelectual, com a aplicação de provas objetivas; a segunda fase incluiu exames médico, odontológico, biométrico e toxicológico, e a terceira etapa do certame foi o Curso de Formação profissional, promovido pela Aesp, que incluiu ainda avaliação psicológica, teste de capacidade física e investigação social, todos de caráter eliminatório.

O curso de formação profissional foi realizado pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), entre novembro de 2018 e fevereiro de 2021 e somou uma carga horária de 2.720 horas/aula. A formação dos oficiais é mais longa por serem eles, os responsáveis por desempenhar funções de comando e gestão direta com a tropa. Além de gerenciar recursos humanos e logísticos das instituições. Ao ingressar no quadro de oficiais combatentes, o militar poderá comandar desde unidades e subunidades operacionais da PMCE, podendo chegar até ao posto de comandante-geral da corporação.

Durante a capacitação foram ministradas disciplinas de conhecimentos integrados, jurídicos e específicos, além de atividades multidisciplinares e estágio operacional supervisionado. A grade curricular contou com conteúdos como: Sistema de Segurança Pública no Brasil; Ética; Direitos Humanos; Legislação da Controladoria Geral de Disciplina; Atendimento Pré-Hospitalar; Tiro Defensivo; Defesa Pessoal e Polícia Comunitária, além dos conhecimentos técnicos específicos para o bom desempenho das atividades profissionais dos policiais, tanto na área operacional, quanto administrativa.

Entre os 247 novos oficiais está o tauaense Ricardo Feitosa Mariz (foto). Eles vão passar agora 03 meses atuando em diferentes Municípios do interior do estado, depois mais 03 meses na Capital e em seguida terão a definição para onde vão atuar de forma fixa. 

Repórter Edy Fernandes com informação do Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento