quinta-feira, 8 de julho de 2021

Policia prende três integrantes da quadrilha que explodiu carro-forte em Piquet Carneiro

 

Três indivíduos envolvidos na explosão do carro-forte na cidade de Piquet Carneiro foram presos na cidade do Crato. Tratam-se de Genielson Batista Alexandre de Freitas, mais conhecido como “Neguinho”, Edson José Araújo da Silva, conhecido por “Veio” e Tainara de Oliveira Araújo. Os suspeitos são dos estados da Paraíba, Pernambuco e Bahia, respectivamente.

As buscas pelos envolvidos tiveram início logo após a explosão. Informações recebidas pela polícia, davam de conta que os acusados teriam se evadido do local, fugindo em um veículo Corolla de cor preta e placa OWC 9072, clonado. Após cerco policial, os indivíduos foram abordados na CE 386, entre os municípios de Farias Brito e Crato.

Com eles foram apreendidos pela polícia duas espingardas calibre 12, três revólveres calibre 38, munições, três relógios de marca, três aparelhos celulares e uma quantia de R$474,00 em espécie.

Na operação um dos acusados informou o local onde outros quatro envolvidos estavam escondidos. Segundo Genielson, os mesmos estariam na chácara de José Abilone Ricarte vulgo Coroa na cidade de Carius, mas ao chegar no local a polícia averiguou que os mesmos já haviam fugido.

Mesmo assim a polícia conseguiu identificar o restante da quadrilha. Tratam-se de Auricelio da Silva, conhecido por “Tota ou lorim”, Mazarope, vulgo mamão ou maza, Cláudio, apelidado de “Caximbó” e mais uma elemento conhecido apenas como Jade de Paulo Afonso na Bahia.

Os mesmos segundo os próprios comparsas se evadiram em um veículo HB 20 branco placa do Mercosul, sem repassarem a placa do veículo exata. Levando na fuga o armamento utilizado para o ataque ao Carro-Forte.

A polícia segue em diligência na busca dos demais envolvidos.

Fonte: Acopiara News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento