sexta-feira, 23 de julho de 2021

Governador anuncia liberação de eventos em novo decreto


O governador Camilo Santana (PT) divulgou, nesta sexta-feira (23), a liberação de eventos sociais para 100 e 200 pessoas em ambientes fechados e abertos, respectivamente. O novo decreto também prevê a reabertura de teatros e a ampliação do horário do setor de alimentação fora do lar, no Ceará. 

As medidas entram em vigor a partir de segunda-feira (26) — portanto, as restrições permanecem neste fim de semana (24 e 25 de julho).  

Pelas novas regras, os restaurantes poderão funcionar até as 23 horas. Já as barracas de praia poderão abrir mais cedo, às 8 horas. O toque de recolher passará a ser da meia-noite até as 5 horas.  

As informações foram anunciadas em transmissão ao vivo, nas redes sociais, nesta tarde. Camilo, todavia, não especificou se os eventos corporativos entram no bojo das mudanças.

Os detalhes constarão no decreto, a ser publicado neste fim de semana, no Diário Oficial do Estado (DOE). Os teatros poderão funcionar com limite de público. O percentual também não foi divulgado.  

VEJA COMO FICAM OS NOVOS HORÁRIOS A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA (26)
Restaurantes passam a funcionar até 23h
Barracas de praia funcionam a partir de 8h
Teatros poderão reabrir 
Eventos estão liberados para 100 pessoas em ambientes fechados e 200 pessoas em ambientes abertos
Toque de recolher a partir de meia-noite 

Assim como na última publicação, o decreto anunciado nesta sexta-feira vale por mais duas semanas. Dessa forma, os novos horários deverão permanecer até o dia 9 de agosto.

As últimas alterações nas regras em todo o Ceará foram anunciadas no último dia 9 de julho. Na ocasião, Camilo Santana liberou a ampliação dos horários do comércio, permitindo que as lojas de rua passassem a funcionar a partir das 9h e os shoppings às 10h.  

Apesar de falar sobre a queda dos números de infecções, internações e mortes em solo cearense, o governador ressaltou a importância de manter a vigilância contra o vírus neste período.

"É importante lembrar sempre que a pandemia ainda não acabou e existem os cuidados que são necessários de manter", disse Camilo Santana, durante o pronunciamento. 

O secretário da Saúde, Dr. Cabeto, acrescentou que a campanha de imunização é "extremamente necessária" para enfrentar a pandemia de Covid-19. 

"Nós estamos evoluindo na vacinação, mas sabemos que, enquanto a pandemia não terminar, a gente poder ter o surgimento de uma nova variante", frisou.  

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento