quinta-feira, 24 de junho de 2021

Publicados os editais do concurso Funsaúde 2021, são 6 mil vagas

 

Foram publicados, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (24), os editais do concurso da Fundação Regional de Saúde do Ceará (Funsaúde) 2021. Ao todo, são 6 mil vagas.

Só na área médica são 1.040 vagas. O salário para médicos pode chegar a R$ 23,8 mil.

As provas ocorrerão em 24 de outubro. A previsão de convocação dos profissionais é janeiro de 2022.

Na área assistencial, são ofertadas 5.581 vagas, sendo 2.832 para cargos de nível superior e 2.749 para nível médio. Já na área administrativa, o certame visa preencher 419 vagas, sendo 202 de nível superior e 217 de nível médio.

O concurso ainda reserva 5% das vagas para pessoas com deficiência e 20% para pessoas negras.

As inscrições devem ser feitas no site da Fundação Getúlio Vargas, realizadora do certame, no período de 12 de julho a 19 de agosto de 2021.

UNIDADES DE SAÚDE

No primeiro momento, os profissionais serão alocados em unidades como o Hospital de Messejana, Hospital Geral de Fortaleza, Hospital Infantil Albert Sabin e Centro Pediátrico, no Meireles, no Serviço de Regulação do Estado, no Centro de Especialidades Pediátricas e na sede da Funsaúde.

O Hospital Universitário da Uece, que está em construção, também deve receber profissionais deste concurso a partir do próximo ano, quando está prevista a inauguração da primeira fase.

A contratação deste volume considerável de profissionais ocorrerá em substituição à contratação de cooperativas médicas. “Nós queremos valorizar os profissionais e dar condições, acabando com a precarização. Queremos mostrar que os profissionais são o maior patrimônio do sistema de saúde pública”, diz o secretário da Saúde, Dr. Cabeto Martins Rodrigues

VEJA O CRONOGRAMA DO CONCURSO
Inscrições: de 5 de julho a 12 de agosto
Prova objetiva: 24 de outubro
Convocação para avaliação de títulos: 6 de dezembro
Resultado final: 13 de janeiro de 2022

O QUE É A FUNSAÚDE

No Ceará, a Funsaúde foi instituída em setembro de 2020. Ela será responsável pela gerência dos serviços assistenciais do Estado, desenvolvendo ações de serviços voltados para a saúde. Ela será coordenada pela Secretaria da Saúde (Sesa).



Fonte: Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento