domingo, 16 de maio de 2021

Professores protocolam petição pedindo homologação de acordo para liberação dos precatórios


Um grupo formados por centenas de professores, protocolou no Fórum de Tauá, no último dia 14, uma petição, pedindo a subvinculação de no mínimo 60% dos valores dos Precatórios do Fundef para os profissionais do magistério, bem como corroborando com o pedido de homologação do Acordo, celebrado em 20 de outubro de 2020, entre o Município e todos os segmentos representantes dos professores. Diz ainda a petição que os quase mil profissionais do magistério representados nos processos conexos tem a subida honra de, em nome do princípio da cooperação, albergado na lei e acima transcrito, trazer à colação a Lei Municipal n.° 2550, de 06 de julho de 2020 (vide anexo), em plena vigência, que já respaldava a Municipalidade a celebrar a composição com a Categoria e os representados nas ações. 

A liberação dos recursos dos precatórios tem sido uma luta antiga dos servidores do Magistério em Tauá. Recentemente saiu a boa noticia que um juiz federal ordenou mais uma vez que o dinheiro, que já ultrapassa os 80 milhões de reais, fosse retornasse para uma conjunto do executivo tauaense. Agora os professores pedem urgência na homologação do acordo por parte da justiça local. 


Recibo da petição: 

VEJA A PETIÇÃO


Repórter Edy Fernandes 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento