terça-feira, 25 de maio de 2021

Cavalo é encontrado morto após ser esfaqueado na zona rural de Tauá

 

Um crime ambiental foi registrado na tarde dessa segunda-feira (24), na localidade de Baixa Grande, Tauá, onde foi encontrado sem vida, um cavalo. O animal foi morto com várias perfurações à faca, atingindo principalmente o pescoço. A equipe do Pro Cidadania da base avançada do Distrito de Inhamuns, através dos Agentes Marques, Matias e Edineudo, foi acionada para o local e confirmou o fato. 

Foi repassado para a equipe que o suposto autor do crime seria o homem identificado como Luiz Oliveira da Silva, 39 anos, residente na localidade de Guaribas. Ele é filho do senhor José Antônio de Oliveira, que foi atingido por um coice do mesmo cavalo no último sábado (22), e veio a óbito após ser socorrido para o hospital. Em um ato de revolta Luiz teria matado o cavalo. Ele foi localizado pela equipe do Pro Cidadania e se prontificou em comparecer a delegacia de policia nessa terça-feira e fazer os devidos esclarecimentos. 

Acompanhado de um advogado Luiz se apresentou e negou ter matado o cavalo, dizendo que não esteve no local onde o animal foi esfaqueado e também não sabe quem possa ter praticado o crime. A delegada plantonista iniciou o procedimento e vai ouvir outras pessoas para chegar a uma conclusão do trabalho de investigação. 

Segundo a informação de populares, o cavalo era avaliado em 25 mil reais e pertencia a um genro do senhor José Antônio. 

Repórter Edy Fernandes 


5 comentários:

  1. Meu Deus, uma pessoa que se diz humano e não compreende a irracionalidade de um animal é mais bruto do que o animal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza isso é revoltante odeio quem machuca os animais essa pessoa têm que ser pressa

      Excluir
  2. E um mostro tem que paga na cadeia

    ResponderExcluir
  3. E um mostro tem que paga na cadeia

    ResponderExcluir
  4. E um mostro tem que paga na cadeia

    ResponderExcluir

Botões de Compartilhamento