quinta-feira, 23 de julho de 2020

Prefeitura de Quiterianópolis vai introduzir mel de abelha na merenda escolar


Quiterianópolis está discutindo meios para introdução do mel de abelha, em sachê, na merenda das escolas da rede pública desse município. O objetivo é fortalecer a cadeia da apicultura e oferecer ao alunado um alimento saudável e nutritivo. 

A proposta vem sendo debatida pelos secretários Toinho do PT (Agricultura) e professor Pedro Neto (Educação), com representantes da Associação dos Apicultores de Quiterianópolis (AMAQ) e o coordenador do Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) do Banco do Nordeste, Kennedy Loiola.

O secretário de Agricultura, Toinho do PT, destaca que as discussões estão bastante adiantadas. “Estamos debatendo essa introdução do mel de abelha na merenda escolar e acredito que logo vamos dar passos largos. É um produto de alta qualidade e valor nutricional”, ressaltou.

Toínho explica que a iniciativa da Prefeitura de Quiterianópolis beneficia os alunos, pois vão ter um alimento saudável e nutritivo, produzido com qualidade com o manejo dos apicultores de Quiterianópolis, além de fortalecer a apicultura neste município.

O secretário Pedro Neto também ressalta que a proposta está em discussão também com nutricionistas e agentes de cooperativas de produtores. Ele adianta que a introdução do mel na merenda escolar traz inúmeros benefícios e fortalece os princípios da Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido. “A Secretaria de Educação é totalmente favorável pois com essa introdução trabalhamos a reeducação alimentar, com o uso do mel em substituição ao açúcar, além de valorizarmos a soberania alimentar com a produção aqui do nosso município”, frisou.

Cícero Lacerda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento