sexta-feira, 3 de julho de 2020

Jovem comerciante morre na UTI do hospital de Tauá

Faleceu na madrugada desta sexta-feira,03, no num dos leitos de UTI  - do Hospital Regional Dr. Alberto Feitosa Lima, em Tauá, o comerciante de 32 anos, Cássio Siqueira Cunha, mais conhecido como Cássio ou Cassinho.

Cássio era proprietário de crediário com atuação no município de Horizonte/Ce, mas ele voltou para Tauá onde estava morando atualmente e trabalhando na região. Seus pais residem na Rua Bernardo de Castro, bairro Alto Brilhante, o senhor Nonato e dona Raquel.

Segundo informações de familiares, com quem a reportagem manteve contato, Cássio foi diagnosticado com coronavírus e na última terça-feira,30/06, deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva, mas o estado de saúde do mesmo se agravou vindo a óbito nesta madrugada.  

Devido ao protocolo das autoridades sanitárias não houve velório e o corpo foi sepultado na manhã de hoje, por volta das 10h30, no Cemitério São Judas Tadeu, em Tauá.

A ocupação nos leitos da UTI no Hospital de Tauá já chega a 80%. Outros 7 pacientes estão internados em isolamento, e apesar da Secretaria de Saúde ainda não ter atualizado o Boletim Epidemiológico, com este óbito, o número de mortos pelo novo coronavirus no município já chega a 11. 

O comerciante era casado e sua esposa fez o exame para Covid-19 e testou negativo. O mesmo deixa uma filha de 6 (seis) anos.

Nossas condolências a família enlutada.

Por Flaviano Oliveira – repórter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento