terça-feira, 14 de julho de 2020

Governo do Ceará antecipa o pagamento do Cartão Mais Infância pelo 5º mês seguido


Mais de 45 mil famílias cearenses que vivem em situação de extrema pobreza e são beneficiadas mensalmente com o Cartão Mais Infância serão contempladas, pelo quinto mês consecutivo, com a antecipação do pagamento do benefício. No valor de R$ 85, a ajuda representa um investimento anual de aproximadamente R$ 50 milhões por parte do Governo do Ceará. O anúncio do pagamento de mais uma parcela foi feito pelo governador Camilo Santana, em transmissão pelas redes sociais, na noite desta segunda-feira (13).

“Autorizei a antecipação do pagamento do Cartão Mais Infância. É um auxílio para mães que têm crianças de zero a cinco anos e 11 meses, de baixa renda e vulneráveis. São quase 46 mil famílias cearenses que todo mês o Governo do Estado dá esse auxílio. O pagamento seria apenas no final do mês e estamos antecipando esses 15 dias”, declarou Camilo.

O governador aproveitou para apresentar a situação da pandemia do novo coronavírus no Ceará, que tem seguido em ritmo diferente de acordo com as regiões. Segundo o chefe do Executivo estadual, a Capital e seu entorno são as que apresentam melhor situação hoje em dia. “Cada vez mais aqui em Fortaleza e na macrorregião há uma queda, com estabilização dos casos. Fortaleza está na segunda semana da terceira fase (do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais)”, comentou.

Interior

Diferente da Capital, as regiões interioranas e RMF ainda não puderam avançar a mesma quantidade de etapas do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. A Região Norte ainda está na fase de transição, mas com queda no número de casos e óbitos. Já as regiões do Sertão Central, Litoral Leste e Jaguaribe se encontram na segunda semana da primeira fase da retomada da economia.

O Sul do Estado é a área que mais preocupa nesse momento, segundo Camilo Santana. “Apesar dos casos no Centro-Sul estarem diminuindo, continua aumentando o número de casos principalmente no Cariri, é tanto que continuamos ampliando o número de leitos para atender a demanda. Os cinco principais municípios (Iguatu, Juazeiro do Norte, Crato Barbalha e Brejo Santo) continuam em isolamento rígido”, alertou.

Economia

As reuniões para decidir o próximo decreto estadual terão início nessa terça-feira (14), informou Camilo. “Vamos iniciar a discussão para as próximas fases do novo decreto que será anunciado no final dessa semana e que valerá a partir da próxima segunda-feira (20). Estamos nos antecipando para avaliar quais são as atividades que serão autorizadas para que as empresas possam saber mais cedo em relação às atividades que serão autorizadas. Fortaleza poderá ir para a quarta fase. Temos tido muito critério nas decisões que temos tomado”, reforçou.

O governador comunicou ainda que o está sendo programado “um conjunto de anúncios agora em agosto com investimentos do Governo do Estado para acelerar o retorno da economia no estado do Ceará”. Camilo finalizou reforçando que “não voltamos à normalidade e que é fundamental e obrigatório o uso da máscara”.

Fonte: Governo do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento