quarta-feira, 24 de junho de 2020

Iguatu e Municípios vizinhos implantam o Lockdown

Cinco municípios do Centro-Sul cearense entram, nesta quinta-feira (25), em isolamento social mais rígido. O ‘lockdown’ em Iguatu, Mombaça, Piquet Carneiro, Cariús e Quixelô prossegue até a próxima quarta-feira (1º), podendo ser prorrogado mediante avaliação técnica sobre a evolução dos números. A medida coletiva foi adotada como resposta ao aumento dos casos do novo coronavírus na região. 

Gestores de outras três cidades da região (Acopiara, Catarina e Saboeiro) estão debatendo a adoção e, nas próximas horas podem, também, adotar o 'lockdown'. 

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, responsável pelo anúncio da decisão conjunta, lembrou a alta taxa de ocupação nos leitos de UTI na região Centro-Sul - que estão na casa dos 90% - e disse esperar que a medida traga resultado positivos.

Em Iguatu, as medidas serão "duras" e incluem o fechamento de supermercados, postos de combustíveis, bancos, restaurantes em margem de rodovias e farmácias. Todos estes estabelecimentos ficam fechados de 26 a 28 de junho. 

“O atendimento nas farmácias será por delivery e de forma presencial somente em casos de emergência. Infelizmente são medidas duras, mas necessárias”, explicou o coordenador da Vigilância Sanitária, Samuel Bezerra. 

Na segunda-feira, bancos, postos de combustíveis e supermercados reabrirão. “As pessoas têm o dia de amanhã (quinta-feira) para fazer compras e abastecer as despensas de suas casas e os veículos”, pontuou o prefeito Ednaldo Lavor.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Iguatu, José Mota Luciano (Dedé Duquesa), considerou grave a situação. “Os dados de crescimento de casos na região passam de 235% nos últimos dez dias e isso é alarmante e preocupante”.

O diretor do Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) de Iguatu, Tadeu Rolim, também concorda com a medida. “Infelizmente é hora de recuar, teremos que fazer isso e permanecer com lojas fechadas por mais dias, apesar de todas as dificuldades que o setor do varejo já enfrenta por mais de 90 dias com as lojas fechadas”.

O 'lockdown' as demais cidades seguirá procedimento semelhante ao adotado em Iguatu.

Crescimento 

O salto nos números traz preocupação devido a limitada capacidade de atendimento intensivo. Em Iguatu, cidade-polo da região, os hospitais chegaram a colapsar neste fim de semana. “Se duas pessoas da região precisarem de UTI, todo o sistema de atendimento intensivo ficará com 100% de ocupação em Iguatu, a exemplo do que ocorreu no fim de semana passado”, alertou o secretário da Saúde de Iguatu, Georgy Xavier.

Iguatu dispõe de 20 leitos de UTI (10 no Hospital Regional e 10 no Hospital São Vicente) credenciados pelo SUS. Na Hospital Regional de Icó há instalados outros 10 leitos. No total, a região Centro-Sul cearense oferece 30 leitos de UTI. Na noite desta terça-feira (23) só havia no sistema três vagas disponíveis para uma população de mais de 500 mil moradores de 20 cidades.

Fonte: Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento