sexta-feira, 17 de maio de 2019

Prisão por posse ilegal de arma de fogo na zona rural de Arneiroz


O COTAR - Comando Tático Rural - da Polícia Militar - recebeu uma denúncia anônima de que numa residência na comunidade de Serrote Branco - zona rural do município de Arneiroz, teria arma ilegal numa residência.

Ao checar a informação, foi comprovada a veracidade do fato, e três armas foram apreendidas e uma pessoa presa.

O fato aconteceu entre o final da madrugada e início da manhã desta Quinta-feira, 16.

Foi preso João Carlos Barbosa, 56 anos, e apreendidas as seguintes armas: um rifle calibre 44, uma espingarda de pressão alterada para precisão de calibre 22 e um revólver calibre 32 com numeração suprimida.

O senhor assumiu ser dono do revólver e alegou que as outras armas tinham sido deixadas em sua casa por outra pessoa, e que seria de um filho dele, que não estava no local no momento da prisão.

O procedimento foi feito na Delegacia Regional de Tauá e só concluído durante o período da tarde do mesmo dia.

João Carlos foi autuado em flagrante, no Artigo 16 - do Estatuto do Desarmamento e ficou preso.

O caso cabe fiança, porém apenas na justiça, porque a arma era raspada.

Um menor de 15 anos de idade também foi ouvido na 14*DP, apenas como testemunha do fato, informou o escrivão Aluízio Amorim.

Por Flaviano Oliveira - Repórter.

Cumprimento de mandado

A Policia Civil de Tauá,nessa quinta-feira,16,deu cumprimento a mandado de prisão em desfavor de José Agnaldo Bezerra,residente na Vila de Santa Teresa.O mandado é da 2ª vara da Comarca de Tauá.José Agnaldo é acusado de descumprimento de Medida Protetiva de Urgência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento