sexta-feira, 24 de maio de 2019

Justiça Eleitoral reforça o apelo para o cadastramento biométrico


O Juiz eleitoral da 19ª zona,que compreende Tauá e Parambu,dr.Pedro,comandou na manhã desta sexta-feira,24,no Fórum dr.Fábio Augusto,uma palestra para tratar sobre o cadastramento biométrico dos eleitores.O sentido maior do encontro foi fazer um apelo para que os presentes ajudem a justiça eleitoral no trabalho da biometria.Segundo ele a situação de Tauá é preocupante diante da pouca adesão dos eleitores.Tauá tem 45.638 eleitores e em um período de 2 meses,apenas 2% de eleitores compareceram para o cadastramento biométrico.Tauá chegou a 62% do total de eleitores,percentual considerado baixo.Em Parambu o processo está mais avançado e 64% dos eleitores já fizeram o cadastramento biométrico.Dr.Pedro alertou que a biometria é obrigatória e o eleitor que não fizer o recadastramento vai ter o título cancelado.

Apesar do chamamento feito pela Justiça eleitoral,um público pequeno esteve presente no encontro.Os vereadores Valdemar Junior,presidente da Câmara e Luis Tomaz e Chico Neto,acompanharam a palestra.Segundo o juiz eleitoral,a classe politica é importante no convencimento do eleitor para fazer a biometria,pois pode ser prejudicada com um grande cancelamento de títulos.

Em Tauá o cadastramento biométrico pode ser feito até o dia 30 de agosto,no Fórum eleitoral da 19ª zona,na rua Henriqueta de Araújo Serra,213,Tauazinho,no horário das 08h as 17h de segunda a sexta.

O eleitor deve comparecer levando os originais de documento de identificação oficial com foto;comprovante de endereço atual e certidão de quitação militar,se homem entre 18 e 45 anos,para fazer o primeiro título.

Repórter Edy Fernandes 



2 comentários:

  1. Quem ja fez antes da eleição passada tem que fazer novamente?

    ResponderExcluir
  2. E quem não votou nas 4 últimas eleições como faz

    ResponderExcluir

Adsense

Botões de Compartilhamento