quinta-feira, 25 de abril de 2019

Servidores do SINE/IDT protestam pelo atraso dos salários




Em estado de greve e dois dias após paralisarem as atividades do SINE/IDT, em todo o estado contra o desmonte da instituição, com o fechamento de 14 Unidades da sua rede de Atendimento e a ameaça de demissões em massa, ocasião em que realizaram protesto barulhento e a mais concorrida das Audiências Públicas da Assembleia Legislativa do estado, nas últimas legislaturas, que discutiu e apontou saídas para a grave situação do órgão, os trabalhadores fizeram hoje um PROTESTO SILENCIOSO.

Vestindo camisetas pretas eles denunciaram à sociedade a humilhação a que estão submetidos por estarem há 80 dias trabalhando sem receber salários. Sem previsão de data para o pagamento dos salários em atraso, a categoria apela ao Ministério Público do Trabalho para que as partes envolvidas (trabalhadores, governo do estado e IDT) sejam convocadas a sentar à mesa e firmar um Acordo ou Termo de Ajustamento de Conduta com um prazo mínimo para a liquidação desse passivo.

A cada dia que se passa, a situação fica mais crítica e explosiva tamanha é a revolta pelo fato de o governo do estado ter se recusado a assinar um Aditivo de três meses ao Contrato de Gestão de 2018, que teria evitado esse problema, ao mesmo tempo em que se faria em tempo razoável a transição da relação contratual do IDT da extinta STDS para a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SEDET), que absorveu as atribuições daquela pasta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento