domingo, 8 de março de 2020

Homem assassinado à bala na zona rural de Aiuaba


O agricultor Antonio Leonio Oliveira, 51, residente na Vila de São Nicolau, foi assassinado a bala na tarde deste sábado, 07, por volta das 14h30, em um bar – situado na saída daquela comunidade no sentido Antonina do Norte.

O estabelecimento conhecido com Bar do Geraldo Daniel fica um pouco recuado - às margens da rodovia CE 176.

A vítima estava em companhia de outras pessoas no local em meio a bebedeira, quando um homem chegou repentinamente e efetuou vários tiros contra o mesmo, que ainda chegou a ser socorrido por populares ao hospital de Aiuaba, mas não resistiu aos balaços de revólver calibre 32.

Segundo a Polícia Civil que esteve no local do fato, através do Delegado Dr. Danilo Távora, Escrivão Aluízio e Inspetor Craveiro, os primeiros levantamentos, dão conta que durante a ação do acusado, o dono do bar interveio e entrou em luta corporal com o mesmo conseguindo tomar a arma do individuo. O homem ainda teria efetuado disparo em direção do proprietário do estabelecimento, mas errou o alvo. Em seguida, o assassino fugiu tomando rumo ignorado numa motocicleta Fan de cor preta.

A Polícia Militar que também esteve no local do crime apreendeu a arma e entregou para a Polícia Civil para os devidos procedimentos.

Motivação

Conforme a polícia civil o crime teria sido motivado por uma rixa entre vítima e acusado, pois há cerca de seis meses um primo de Antonio Leonio teria tido um problema com o acusado identificado como Luis Rodrigo Cardoso de Sousa, 30, que na época estava de posse de um facão e teria tentado contra a vida do rapaz, porém Antonio teria interferido na confusão saindo em defesa do primo, e com isso teria ficado uma rixa entre as partes.

A vítima era vizinho do acusado, ambos residentes no referido distrito, quando neste sábado momento antes de cometer o crime o acusado teria passado com frente ao bar e observado que Antonio se encontrava no local.

Minutos depois o assassino teria ido ao estabelecimento e sem muita conversa efetuou vários disparos contra a vítima que morreu praticamente ali mesmo.

O Rabecão da Pericia Forense foi acionado e conduziu o corpo para o IML – Instituto Médico Legal de Tauá.

O acusado segue foragido.

Por Flaviano Oliveira – repórter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento