terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Projeto Promel produz grande quantidade de cera durante capacitações


O Projeto de desenvolvimento da produção de mel no Município de Tauá - Promel inicia o ano de 2020 com diversas capacitações no interior do município.

As reuniões ocorreram nos dias 15, 16, 17 e 18 de janeiro, em diversas localidades, como: Pitombeira – Marrecas, Vera Cruz – Inhamuns, Calumbi – Trici e Riacho Fundo – Sede Distrital. O objetivo foi ensinar a processar a cera bruta à transformando em cera alveolada, assim promovendo a transferência de tecnologia para os apicultores e diminuindo os custos de produção.

Ao longo das capacitações foram produzidos cerca de 100.8 kg de Cera Alveolada, obtendo uma economia para os apicultores de R$ 3.024,00 reais. "É importante difundir técnicas que ajudem ao produtor rural obter um maior lucro em sua produção, seja de mel, de feijão, de milho, etc. Estamos sempre em contato com o homem e a mulher do campo, levando a medida do possível, soluções para fortalecer a agricultura familiar", exaltou o Prefeito Fred Rêgo.

O Projeto é realizado pela a Associação dos Apicultores do Município de Tauá (APMUT) em conjunto com o Centro Vocacional Tecnológico e Instituto Centro de Ensino Tecnológico (CENTEC), com o apoio da Prefeitura Municipal de Tauá por meio da Agencia de Desenvolvimento Econômico, e as Secretarias de Ciências e Tecnologia e de Planejamento.

A Associação dos Apicultores do Município de Tauá (APMUT) foi fundada em 2006 com o intuito de promover a apicultura da região dos Inhamuns e potencializar a economia da região. Hoje a comunidade dos apicultores conta com cerca de 56 associados em todo o município de Tauá. Ao longo dos anos foram realizados diversos projetos, como a criação do Apiário escolar, assistência continuada e encontros tecnológicos específicos de acordo com a demanda de necessidade dos associados.

Com informações e foto do NIC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento