terça-feira, 9 de outubro de 2018

IFCE Tauá promove VI Encontro de Tecnologia em Telemática


Como a tecnologia de hoje tem contribuído para o mundo que queremos no futuro? Esta é a questão que norteia o VI TecTel - Encontro de Tecnologia em Telemática, evento que o campus de Tauá do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) promove nos dias 10 e 11 de outubro. Voltado a estudantes, professores e entusiastas da tecnologia, o encontro traz uma programação diversificada, com minicursos, oficinas, mesas-redondas, palestras e salas temáticas. As inscrições para participar devem ser realizadas no site http://tectel-ifce.com.br.

O objetivo desta edição do TecTel, de acordo com a coordenação do evento, é criar um espaço de formação e discussão sobre os benefícios e impactos da tecnologia para o futuro por meio da integração dos conhecimentos de Telecomunicações, Computação e áreas afins com os diversos contextos nos quais a tecnologia está inserida.

A organização foi uma construção coletiva de docentes e alunos do curso superior de Tecnologia em Telemática do campus. De acordo com o professor Kilbert Amorim, "os alunos estão sendo protagonistas e expondo suas ideias, seus trabalhos e dando vida àqueles conhecimentos que eles veem em sala de aula, motivando a comunidade externa a se interessar por tecnologia". Já o professor Luciano Martins ressalta que o tema do evento "vai possibilitar que o aluno enxergue a utilidade daquilo que ele estuda e reflita sobre os impactos daquilo que projeta no mundo, em contextos sociais, econômicos e ambientais".

Programação

O VI TecTel será um espaço para pensar e discutir tecnologia. Para isso, estão programadas palestras sobre diversos temas no auditório do campus. São eles: Internet das Coisas, Engenharia de Software e o Impacto da Ciência de Dados para a construção do mundo que queremos. A apresentação será feita por professores convidados de outros campi, como IFCE de Cedro, IFCE de Boa Viagem, e de outras instituições, a exemplo da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Conectado em questões relevantes da atualidade, o evento promove também uma mesa-redonda para debater a presença das mulheres na área da Tecnologia da Informação com a participação de Roberta Silva, líder de engenharia da empresa Oi Telecomunicações de Fortaleza; da antropóloga Tatiane Barros; da tecnóloga em Telemática Hilda Feitosa; e da profissional em Sistemas de Informação Izabel Alves. Além disso, o público visitante terá acesso a salas temáticas onde será debatida a relação da tecnologia com música, meio ambiente e qualidade de vida.

Quem está interessado em aprender mais sobre tecnologia na prática vai poder participar de minicursos e oficinas. Serão realizados minicursos sobre as linguagens de programação CSS e HTML Básico e sobre Robocode, um jogo de programação de robôs virtuais, além de oficinas de Identificação por Radiofrequência (RFID), Desenvolvimento de apps para dispositivos móveis, edição de imagens com ferramentas on-line, Raspberry Pi e Crimpagem de cabos. As inscrições, tanto para os minicursos quanto para as palestras, devem ser feitas presencialmente antes do início da atividade. Todos os participantes terão direto a certificado.

O TecTel é um espaço também para se divertir e colocar em prática os conhecimentos por meio de jogos e competições. Um dos destaques deste ano é uma maratona de programação na qual times de três pessoas irão competir para solucionar problemas utilizando programação de computadores. Podem participar todos que tiverem conhecimento de programação. Já quem adora games poderá passar o tempo em uma sala de jogos aberta aos visitantes. E, para finalizar, será realizada, no encerramento do evento, uma competição do jogo virtual de dança Just Dance.

Toda a programação é gratuita.

Por: Larissa Lima (Tauá)