terça-feira, 21 de agosto de 2018

Não houve acordo em audiência de conciliação sobre a greve dos professores


Não houve acordo na audiência de conciliação realizada nessa segunda-feira,20,sobre a greve dos professores de Tauá.A audiência foi realizada no núcleo permanente de métodos consensuais de solução de conflitos,no Tribunal de Justiça do Ceará,em Fortaleza.A representação dos professores,através do Sindicato Apeoc e Aprofe,foi ouvida em primeiro lugar pelos conciliadores e em seguida foi a vez da representação do Municipio apresentar as suas justificativas.

As duas partes foram reunidas para a busca de um consenso,mas terminou o encontro sem acordo.A representação do Municipio apresentou a proposta de reajuste para a categoria de 2,58%,a partir do mês de agosto,proposta essa menor do que já havia sido apresentado anteriormente.Em seguida foi aumentada a proposta para 3%.Os professores através de sua representação apresentaram a contraproposta de um reajuste de 03% em agosto,mais 04% em outubro,mais 05% em novembro e chegando a 6% em dezembro.No entanto essa contraproposta ainda será apreciada por uma assembléia da categoria que ainda será marcada.Uma nova audiência de conciliação foi marcada para a próxima semana.A greve que começou no dia 07 de agosto permanece.