domingo, 1 de abril de 2018

Parambuense desaparece em SP quando viajava para Parambu


O parambuense Antônio Ari Moreira de Souza, conhecido por Zezé, de 37 anos, que viajava do Estado de Santa Catarina para o município de Parambu está desaparecido no Estado de São Paulo. O desaparecimento aconteceu na manhã da ultima quinta feira, 29 de março, e a família está aflita a procura de informações.

Segundo informações de familiares, Antônio Ari, o Zezé como é conhecido, estava morando em Palhoça, região metropolitana de Florianópolis/SC. Na noite de quarta feira (28/03), por volta das 19hs embarcou em um ônibus da empresa Viação Catarinense, para São Paulo, de onde pegaria outro ônibus para chegar até o Ceará. Ainda segundo informações que a família tomou conhecimento, na quinta feira (29/03), por volta das 7h da manhã ele chegou à Rodoviária do Tietê, na capital paulista, quando desembarcou e desapareceu misteriosamente.

Ainda com a esperança que ele pudesse ter viajado para o Ceará na ultima quinta feira; neste sábado, 30, um familiar foi até a Vila Dr. Cícero (TREVO BR 020), onde passou o dia todo esperando, em vão, os ônibus que vinham da região sudeste do país.

Por mais que se tente localizá-lo ligando para o telefone que ele tinha, as ligações indicam que o celular está desligado ou fora de área, aumentando a angustia de familiares.

Antônio Ari Moreira de Souza (Zezé) já morava há muitos anos em Santa Catarina, onde trabalhava como gesseiro. Ele é solteiro e não tem filhos. Segundo informações de um familiar, nos últimos tempos ele vinha tendo alucinações, o que pode ter provocado o desaparecimento.

Ele é filho do Sr. Zé Joaquim (também conhecido por Zé Moreira) e dona Maria, que moram na localidade de Lagoinha/Pimenteiras/PI. Também tem familiares que residem na Serra dos Batistas e na cidade de Parambu.

Qualquer informação sobre o paradeiro do mesmo deve ser repassada para o número Celular/WhatsApp (63) 98102-8374 falar com Lucas Gonçalves.

Repórter Abraão Barros