quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Fábrica de colchões de ex- vice prefeito de Parambu pega fogo em São Paulo


Um incêndio atingiu a fábrica de colchões Quixadá, no Jardim Ipaussurama, em Campinas, no início da noite desta terça-feira (01). Segundo moradores próximos do local, houve explosões e o fogo começou por volta das 20h30, atingindo grandes proporções. As primeiras informações dos bombeiros é de que não há nenhum ferido, mas há residências muito próximas ao prédio.

No total nove viaturas do Corpo de Bombeiros de Campinas e uma de Jundiaí foram até o local, na Rua Dr. Lauro de Souza Lima, 777. Mais de 20 homens tentam apagar o incêndio. A fábrica está na região do campus 2 da PUC Campinas, onde fica o hospital Celso Pierro, e do Shopping das Bandeiras.

Imagens feitas por volta das 21h30 mostram viaturas do corpo de bombeiros tentando chegar perto de um dos muros da empresa, que corria o risco de desabar após algumas explosões. Os moradores estavam apavorados com a possibilidade do incêndio se alastrar para as casa vizinhas. Os bombeiros, entretanto, dizem que o fogo está confinado na área do barracão.

Energia cortada
A CPFL Paulista informou que, por questões de segurança, interrompeu o fornecimento de energia para 503 clientes perto da fábrica. A empresa avalia uma alternativa para diminuir o número de clientes afetados.

A companhia informou que os clientes impactados terão seu fornecimento de energia reestabelecido o mais breve possível, tão logo haja a liberação por parte do Corpo de Bombeiros.

A fábrica de colchões Quixadá pertence ao empresário João Rabelo, ex vice prefeito de Parambu.

Site G1