quinta-feira, 19 de maio de 2016

Dicionário Cearense (Cearensês)


N

NÃO DÁ UM PREGO NUMA BARRA DE SABÃO
Não faz nada, é um preguiçoso.
NOME FEIO
Palavrão.
NUM FRESQUE NÃO!
Pare com essa brincadeira!.

O

P

PAI D´ÉGUA
Porreta, legal, bacana.
PAIA
O mesmo que brega ou o mais popular peba.
PAMONHA
1.Espécie de bolo, feito com a massa do milho verde, cozida na própria palha, que é amarrada nas extremidades, formando uma bolsa.
2. Pessoa tola que todo mundo faz de trouxa. “Aquele cara é um pamonha”.
PANELADA
Prato feito com tripa e bucho de boi.
PÃO D´ÁGUA
Pão de massa grossa. Bengala.
PÃO SOVADO
Pão de massa fina.
PÃO-DURO
Alguém que só quer tudo pra si. Sovina, avaro. (Outros: fominha, avarento, miserável, migalheiro, pica-fumo, muquirana, unha-de-fome, morrinha, seguro, zuraco, pão-duro, tranca, esganado, agarrado, mão-de-vaca, mão-fechada).
PAPANGU
1. Pessoa fantasiada para o carnaval ou outras festas populares.
2. Abestado, tolo, otário.
PAPEIRA
Caxumba.
PAPEL DE ENROLAR PREGO
Pessoa grosseira.
PAPOCO
Explosão, grande estrondo.
PARRUDO
Forte, musculoso. “Acho bom você não desafiar esse cara, ele é muito parrudo!”.
PASSARIM
Forma descuidada ou preguiçosa de falar passarinho, a pequena ave.
PASSARINHA
Baço de boi.
PASTINHA
Franja.
PASTORAR
Vigiar, espreitar alguém (Termo mais usado nas cidades do interior e no campo). “Eu passei o dia pastorando pra ver se a raposa vinha comer as minhas galinhas!”.
PAU DA VENTA
Nariz. “Não brinque comigo, senão vai acabar tomando um murro bem na pau da venta!”.
PAU-DE-ARARA
1.Pau utilizado, para transportar aves, principalmente galinhas amarradas.
2. Caminhão toscamente adaptado para o transporte coletivo, com uma carroceria, coberta por um encerado, onde são colocadas tábuas paralelas para servirem de assento.
3. Objeto usado (ilegalmente) na de tortura de presos. Nesse caso, trata-se de um pau roliço que é passado entre os joelhos e cotovelos flexionados, utilizando-se ainda dois suportes para suspender a vítima de cabeça para baixo.
PÉ DE MOLEQUE
Bolo junino feito com rapadura escura e castanhas de caju.
PÉ DE PAU
Arvore.
PÉ DE PLANTA
Arbusto.
PEBA
De má qualidade, feio, de mau gosto. “o teu carro é muito peba! “. Talvez em analogia com a feiúra do animal PEBA.
PEBADO
O mesmo que lascado, fudido, liquidado, perdido. Nesse caso, a analogia vai para a situação do animal durante a implacável caçada com a utilização de cachorros de caça.
PEDIR PENICO
Desistir de alguma coisa por falta de coragem ou força. “O cara não aguenta mais, está pedindo penico…”.
PEDUVIDO
Orelha. Usa-se, principalmente, para ameaçar alguém com um tapa nas oiças. “Se eu pego aquele moleque ele vai tomar um tabefe no peduvido!”.
PEGANDO SIRI
Calças compridas acima do tornozelo. “Homem elegante não anda com calça pegando siri!”.
PEGAR PELA BITACAS
Agarrar alguém energicamente com intenção de bater.
PEGAR TAINHA
Cochilar, pegar no sono em qualquer lugar. “O meu avô passa o tempo todo pegando uma tainha atrás da outra, na cadeira de balanço”.
PEI BUFO
Imediatamente, no ato. “Peguei a bola e pei bufo, fiz o gol!”.
PEIA
Surra, sova, pisa, derrota implacável. “O meu time levou peia novamente!”.
PEIDÃO
Cabra frouxo, medroso. “Esse jogador é um peidão, tem medo do adversário!”.
PEIDO AZEDO
Pessoa muito desagradável em todos os sentidos. Sem graça, enjoada etc. “Não tem quem aguente aquela menina, parece um peido azedo!”.
PEITICA
Má sorte, mau agouro. “Não vá botar peitica no meu casamento”.
PEIXADA
Peixe cozido com legumes e ovos.
PELA MADRUGADA
Interjeição de espanto. Gíria leve, usada entre pessoas mais comportadas. “Pela Madrugada! Você ainda não fez o meu serviço”.
Na realidade o que se pretende dizer mesmo é: “Puta que pariu rapaz você ainda não fez o meu serviço?
PELEJAR
Tentar exaustivamente.
PENSO
Torto.
PENTEADEIRA DE PUTA
Enfeitado.
PERAINDA
Forma sintetizada de: Espere ainda um pouco.
PEREBA
Pequenas erupções na pele.
PEREBENTO
Quem vive com erupções de pele. Curubento.
PEROBA
(ô) Homossexual. O mesmo que baitola ou viado.(gíria pesada) Não confundir com peroba, árvore muito conhecida.”Esse rapaz nunca gostou de mulher, sempre foi peroba!…”.
PETELECO
Gíria do futebol para chute fraco.
PICARDIA
1.Esperteza, sagacidade. “O goleiro evitou o gol na maior picardia”.
2. Elegância: “Olha aí! O cara vai a festa na maior picardia!”.
PILORA
Falecimento. “O velho caiu da escada e deu uma pilora!”.
.
PINDAÍBA
Pobreza, liseira. “Estou na maior pindaíba”.
PINÓIA
Em “cearensês” serve como um eufemismo de palavrão. “Isto é uma pinóia, quem foi que tomou a minha cerveja” o palavrão evitado seria, no mínimo, “porra”.
PINOTE
Salto repentino.
PINTOSO
Cearense não acha homem bonito. No máximo admite que o cara é pintoso, ou que tenha uma certa pinta (boa aparência).
PIOCERÁ
1.Expressão criada da irreverência do cearense com o subdesenvolvimento da sua própria terra e do vizinho Estado do Piauí. A idéia de juntar os dois num estado só, que seria chamado “Piocerá”. A inversão, cerapió, também é usada com o mesmo sentido de gozação.
2. Rally dos sertões (Como o desenvolvimento vem chegando em ambos os Estados, o nome foi aproveitado para denominar uma competição off-road).
PIOCERÃO
Da mesma irreverência que surgiu o “Piocerá” (Piaui e Ceará), saiu esta brincadeira de juntar Piauí, Ceará e Maranhão, criando o Estado do Piocerão.
PITÉU
Mulher jovem e bonita, Coisa boa. “Este caldo tá só o pitél”.
POR CIMA DA CARNE-SECA
Quem está em situação de mando ou financeiramente muito bem. “O homem agora está por cima da carne seca, é o presidente!”. Origem da expressão: Antigamente as mercearias, chamadas popularmente de bodegas, vendiam carne-seca em mantas (grande pedaço de carne), que ficavam sobre o balcão, ocupando quase todo o espaço.
Como os merceeiros, supostamente, ganhavam muito e ficavam, literalmente, sempre sobre a manta de carne-seca, dando uma impressão de ricos e poderosos para os pobres fregueses, surgiu, por analogia, essa curiosa expressão.
PORRA-LOUCA
Irresponsável. Aquele (a) que só faz besteira.
PORRETA
Bom, excelente.
PREGO EM BARRA DE SABÃO
O trabalho mais fácil que poderia existir. “Esse sujeito não prega um prego em uma barra de sabão e ainda critica os que trabalham!”.
PRESEPADA
Palhaçada. Confusão. Boneco ( Veja: botar boneco). Situação ridícula.
PRESEPEIRO
Espalhafatoso, escandaloso.
PROVOCAR
Vomitar.
PUTARIA GROSSA
Esculhambação, anarquia, desordem, imoralidade.

PUTO DA VIDA
Danado da vida, irritado, enfurecido.