quinta-feira, 14 de abril de 2016

VEREADOR DE CATARINA ASSASSINADO À BALA


Catarina está de Luto.
Um fato lamentável deixou a cidade de Catarina abalada nesta noite de quarta (13) para quinta-feira,14, quando por volta das 00:05, foi assassinado a bala o vereador e ex. presidente da Câmara daquele município, Antonio Chagas de Oliveira, conhecido mais popularmente como Valmir do Monte Alegre,(Foto)  residente no bairro Balanças, naquela cidade.

Segundo a polícia militar, o acusado pela morte do parlamentar foi identificado como Maicon Vasconcelos, que fugiu.

O fato aconteceu no bar do Léo do Espetinho, próximo a praça, ao lado da Farmácia do Francisco José.

Durante bebedeira, uma discussão banal por questões políticas, teria acontecido  entre as partes, que entraram em vias de fato, ou seja, teriam trocado empurrões, e com isso, Maicon foi até o seu carro e pegou uma arma,uma pistola, e ao voltar para o referido estabelecimento, já teria chegado atirando contra o vereador.

Pelo menos quatro disparos teriam sido efetuados, e três atingiram o político. Um no peito, um no abdômen e outro no braço. Em seguida, o acusado fugiu em seu carro, um Gol de cor prata, tomando rumo ignorado.

Maicon  seria do mesmo grupo do vereador Valmir e durante pleitos  passados teria trabalhado para o parlamentar  como cabo eleitoral. Na cidade de Catarina, ambos eram tido como grandes amigos.

A Polícia Militar de Catarina foi acionada e chegando ao local do episódio, a vítima tinha sido socorrida por populares ao Hospital da cidade, mas não resistiu. O acusado até então, não foi localizado.

O Rabecão da Perícia Forense já fez a condução do corpo ao IML – Instituto Médico Legal de Tauá.

O parlamentar.

Valmir do Monte Alegre era ligado ao grupo de situação. O mesmo estava no seu segundo mandato como vereador e gozava de um grande círculo de amizade no município. Em 2008, ele  foi eleito,sendo o campeão de votos em Catarina, obtendo um total de  563 sufrágios. Já em 2012, sua votação caiu, sendo reeleito com 319 votos.

A Câmara.

Por força da justiça, Valmir  estava afastado dos trabalhos legislativos, mas aguardava o seu retorno com muita expectativa. Enquanto isso, o primeiro suplente, vereador  Derval do São Gonçalo, ligado ao grupo de oposição, assumia a cadeira no legislativo local, o que deverá ser efetivado posteriormente, em sessão solene.

Mais informações e todos os detalhes, na Edição do RCI em Notícias desta quinta-feira, 14, da Rádio Cultura dos Inhamuns, AM, de Tauá- Ceará.

Por Flaviano Oliveira - repórter.