sexta-feira, 6 de novembro de 2015

MORRE EX-GOVERNADOR BENI VERAS

Morreu na manhã desta sexta-feira, 6, o ex-governador do estado do Ceará, Benedito Clayton Veras Alcântara, conhecido como Beni Veras, aos 80 anos. Ele estava internado, em estado grave, no hospital Monte Klinikum, em Fortaleza.
Beni estava internado há duas semanas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e sofreu duas paradas cardíacas nesse período. Acometido pelo Mal de Parkinson, ele já esteve internado em outras ocasiões em decorrência da luta contra a doença.

Confira imagens do político Beni Veras
A Assembleia Legislativa suspendeu a sessão em decorrência da morte do político. O requerimento foi pedido pelo deputado Ely Aguiar (PSDC) que ressaltou o papel de Beni para a economia e política do Estado. Foi feito um minuto de silêncio em homenagem ao político.

Velório
A família de Beni Veras informou que o velório ocorrerá a partir das 16 horas, no Palácio da Abolição. O enterro será neste sábado, mas os detalhes ainda não foram repassados.

Beni Veras
Natural de Crateús, Beni foi vice-governador de Tasso Jereissati, ocupando o cargo após o titular renunciar para tentar uma vaga no Senado Federal. "A Assembleia presta homenagem aquele que em vida contribuiu muito para o crescimento do Ceará", disse.

Filiado ao PSDB, Veras foi governador de 5 de abril de 2002 a 1° de janeiro de 2003, após o então titular, Tasso Jereissati (PSDB), deixar o cargo para disputar o Senado pela primeira vez. Ele também foi ministro do Planejamento em 1994 e senador de 1991 a 1999.

Ex-presidente do Centro Industrial do Ceará (CIC), Beni foi homenageado em maio pela instituição. Sua gestão ficou conhecida por transformar o CIC num centro de debates. Foi também fomentador do rompimento do ciclo dos coronéis ao lançar e eleger, em 1986, Tasso Jereissati ao Governo.
Fonte:O Povo