sexta-feira, 29 de abril de 2022

Sesa e municípios cearenses mobilizam população para vacinar contra influenza e sarampo neste sábado (30)

 

Neste sábado (30), ocorre o Dia D da campanha, quando postos de saúde de todo o Estado estarão abertos para aplicar as vacinas no público-alvo contemplado na 1ª etapa. Para influenza, o grupo apto a tomar as doses é composto por profissionais da Saúde e pessoas com idade a partir de 60 anos, além de crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos. Os pequenos tiveram a imunização antecipada para que seja conferida maior proteção neste período sazonal de maior registro de doenças respiratórias.

Para o sarampo, a 1ª etapa da campanha engloba profissionais da Saúde e crianças da mesma faixa etária aptas a receber a dose contra a influenza, que também tiveram a vacinação antecipada tendo em vista os riscos da volta da circulação do sarampo no Brasil.

A vacina contra a influenza deste ano, produzida pelo Instituto Butantan, é trivalente. Composta pelos vírus H1N1, H3N2, do subtipo Darwin, e a cepa B, garante a imunização contra a principal cepa presente no território brasileito e responsável pelo aumento de casos no início do ano: H3N2. “Este é mais um motivo para atualizar o calendário vacinal”, pontua Gadelha.

Para garantir o aumento dos percentuais e o alcance da meta proposta pelo Ministério da Saúde, de 90% dos públicos prioritários para influenza e de 95% para sarampo em crianças, os municípios foram abastecidos com insumos e vacinas, e orientados acerca da operacionalização. “Estamos dando todo o suporte necessário para que os municípios consigam alavancar seus percentuais de imunização”, reforça a coordenadora da Célula de Imunização (Cemun) da Sesa, Kelvia Borges.
2ª etapa na segunda-feira (2)

A 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e o Sarampo tem início nesta segunda-feira (2) e segue até o dia 3 de junho. Para a influenza, neste momento, são contemplados grupos de gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades e deficiências permanentes, além de povos indígenas, professores, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo e profissionais portuários.

Compõem os grupos prioritários, ainda, membros das Forças de Segurança e Salvamento e das Forças Armadas, funcionários do Sistema de Privação de Liberdade, população privada de liberdade e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas.

A vacina contra o sarampo seguirá disponível para o público infantil nas unidades básicas de saúde até o fim da campanha.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento