quarta-feira, 27 de abril de 2022

Depois de mais de 70 dias corpo de homem de Quiterianópolis é liberado para sepultamento

 

Depois de 73 dias de espera e de muita pressão da Imprensa e advogados da Prefeitura de Quiterianópolis, o corpo de Antônio Carlos Barroso Neto, conhecido como Pinica, foi liberado na tarde desta quarta-feira (27) para a família realizar o sepultamento.

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) autorizou a liberação do corpo pela Perícia Forense e o secretário municipal de Governo, Messias Pereira, veio a Tauá, juntamente com Ana Lúcia (irmã de Pinica) para receber o corpo.

O corpo estava no Núcleo da Perícia Forense e não havia a liberação por conta da falta de documentos. Antônio Carlos foi encontrado sem vida, em sua residência, aparentemente morte natural, mas o corpo foi encaminhado para o IML. Como o homem não tinha documentos ficou impedida a liberação do corpo. Foi feito um exame de DNA, comprovando o parentesco com sua irmã, mas ainda precisava de uma decisão judicial. Finalmente o corpo foi liberado. 

Com informação do Repórter Cicero Lacerda 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento