terça-feira, 29 de março de 2022

Caixa pagará lotes adicionais do abono do PIS/Pasep e também segue o calendário de pagamentos

 

Está liberado a partir desta terça-feira (29), o abono salarial Pis/Pasep para 1.671.810 de pessoas. O novo lote de pagamento acontece após um reprocessamento adicional de cadastros. Segundo a Dataprev o pagamento para esses beneficiários cairá em suas contas nos dias 29 e 31 de março.

O novo calendário foi proposto após um grupo de 2 milhões de pessoas entrarem em reprocessamento de dados e uma nova análise ser feita. Segundo a empresa de tecnologia do governo, foram 55 milhões de cadastros analisados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e no e-Social no ano-base (2020) – públicos que poderiam receber o abono salarial. A Caixa já deu as datas de depósito para estes novos pagamentos, que ocorrerão da seguinte maneira: no dia 29 de março para quem iria receber em fevereiro e no dia 31 de março para trabalhadores que recebem em março.

A Caixa Econômica Federal também paga lote do abono salarial do PIS aos trabalhadores nascidos em novembro nesta terça-feira (29).

O abono do PIS é uma espécie de 14º salário para trabalhadores de baixa renda. No máximo, trabalhador pode receber um salário mínimo, hoje em R$ 1.212. Caso o beneficiário não tenha exercido atividade por 12 meses, é paga uma quantia proporcional ao período trabalhado.

Os valores podem ser consultados no aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou pela central telefônica 158.

Para ter direito ao abono, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos, ter trabalhador formalmente por pelo menos 30 dias em 2021, e ter recebido remuneração mensal média de no máximo dois salários mínimos, correspondente a cerca de R$ 2.090 este ano.
Como sacar?

Tradicionalmente, a Caixa deposita automaticamente o dinheiro do PIS nas contas dos clientes.

Há a opção de receber em qualquer agência da Caixa, com apresentação de documento de identificação com foto.

Com o Cartão do Cidadão, o dinheiro pode ser sacado em caixas eletrônicos e lotéricas.
Quem tem direito?

Quem recebeu, em média, até dois salários mínimos por mês com carteira assinada (CLT) e trabalhou por, pelo menos, 30 dias, no ano de 2020.

É preciso também estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos, com informações atualizadas pelos empregadores na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
COMO SABER SE TENHO DIREITO AO PIS?

PIS (trabalhador de empresa privada):
No Aplicativo Caixa Trabalhador
No site da Caixa
Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

COMO CONSULTAR O PIS PELO CPF?

Com o CPF em mãos, siga o passo a passo abaixo:
Acesse o site “Meu INSS”;
Clique em “Entrar”;
Caso não tenha cadastro, a plataforma vai pedir que faça um. Para isso, basta preencher os campos, com CPF, data de nascimento, nome, e-mail, celular, nome da mãe e estado;
Após o cadastro, digite o número do seu CPF e a senha;
Pronto, faça a consulta do PIS online.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento