terça-feira, 23 de novembro de 2021

Instaurado inquérito na DP em um caso de lesão corporal dolosa e discriminação

 

Um inquérito foi instaurado nessa segunda-feira (22), na 14ª Delegacia Regional de Tauá, para apurar uma acusação de lesão corporal dolosa e discriminação de gênero. A vítima é Milene Pereira de Sousa, que informou que estava participando de uma seresta no último final de semana em um espetinho, na rua Eufrásio Oliveira e quando foi usar o banheiro feminino foi interpelada pelo cliente, o homem conhecido por Jailson. Segundo o homem, ela não poderia usar o banheiro feminino por conta de estar vestida com roupas masculinas e usando boné.  Houve a intervenção do proprietário do estabelecimento, Milene usou o banheiro e no retorno, segundo ela, foi agredida com chutes e socos por Jailson. Além de ferimentos e hematomas, ela se apresentou na delegacia com uma fratura no joelho, provocada pelas agressões.

Milene, registrou o boletim de ocorrência, foi encaminhada para Núcleo da Pericia Forense, fez o exame de corpo de delito e compareceu mais uma vez na DP para abertura do inquérito. Ela estava acompanhada de uma testemunha e apresentou os exames e um vídeo como prova das agressões. O Delegado Gisleian Lima está à frente do inquérito.

Repórter Edy Fernandes 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento