terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Três PMs são presos suspeitos assassinarem 5 pessoas na Chacina de Quiterianópolis

 

Três policiais militares, sendo um oficial e dois praças, foram presos, nesta terça-feira (15), suspeitos de serem os executores da Chacina de Quiterianópolis. As capturas foram realizadas no município onde o crime, que vitimou cinco pessoas no último dia 18 de outubro, aconteceu. Foram cumpridos mandados de prisão temporária e de busca e apreensão.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, as investigações foram conduzidas por uma comissão composta pelas delegacias Municipal de Quiterianópolis e Regional de Tauá, e pelos Departamentos de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI Sul), de Inteligência Policial (DIP) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Todo o trabalho teve a cooperação da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e da Assessoria de Inteligência da Polícia Militar. Nesta terça-feira (15), participaram da operação policiais civis e militares, com o apoio da Delegacia de Assuntos Internos (DAI) da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD).
Entenda o caso

No dia 18 de outubro, cinco pessoas foram executadas a tiros em uma casa localizada na Rua Manoel Vieira de Carvalho, no município de Quiterianópolis, a 410 quilômetros de Fortaleza. Segundo testemunhas, as vítimas estavam consumindo bebidas alcoólicas quando quatro homens armados entraram no local, pediram para as vítimas ficarem deitadas e efetuaram vários disparos de arma de fogo. 


Vítimas da Chacina de Quiterianópolis:
Irineu Simão do Nascimento, 25 anos
José Reinaque Rodrigues de Andrade, 31 anos
Etivaldo Silva Gomes, 23 anos
Antônio Leonardo Oliveira Silva, 19 anos
Gionnar Coelho Loiola, 31 anos

Fonte: Diário do Nordeste

Atualização: 
Os três PMs presos foram: Tenente Charles, Cabo Fabrício e Soldado Dian.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento