terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Governo do Ceará paga retroativo do piso dos professores e inicia convocação de concursados em janeiro

 

O governador Camilo Santana anunciou, na manhã desta terça-feira (8/12), o pagamento, em 1º de janeiro de 2021, dos valores retroativos do Piso do Magistério 2020, referentes ao período de janeiro a julho deste ano, beneficiando mais de 26 mil professores da rede pública estadual de ensino, entre ativos, inativos e temporários. Durante live nas redes sociais, o governador informou, ainda, que iniciará, em janeiro do próximo ano, a convocação dos professores aprovados no último concurso da rede estadual. Participaram do anúncio a vice-governadora Izolda Cela, a secretária da Educação Eliana Estrela e o presidente do Sindicato Apeoc, Anizio Melo.

“Por conta das dificuldades da pandemia, nós tínhamos negociado para o próximo ano o pagamento da diferença do piso do magistério, mas decidimos antecipar e já vamos pagar agora na folha do mês de dezembro, beneficiando mais de 26 mil professores do estado do Ceará, com um investimento de R$ 34 milhões”, destacou o governador.

Camilo ressaltou que esta conquista é fruto da negociação com o sindicato dos professores e do trabalho que tem sido feito em defesa da qualidade da educação e da valorização dos professores cearenses. “Ao longo de todos esses anos, nós estamos mantendo uma mesa de negociação com o sindicato dos professores, com muito diálogo, muita transparência e construindo os caminhos para que a gente possa, cada vez mais, valorizar os professores”, frisou.

O governador informou que terá início, a partir de janeiro do próximo ano, a convocação dos professores aprovados no último concurso. “Estou reiterando o meu compromisso com a convocação dos professores. Estamos só negociando a quantidade que vamos convocar, mas até o fim do ano vamos fazer um anúncio oficial”, declarou.

Anizio Melo considerou o anúncio do Governo do Ceará muito satisfatório para a categoria e reconheceu que a conquista é fruto do diálogo constante entre o Executivo e o Sindicato Apeoc. “O governador está antecipando um ganho para a categoria relacionado à aplicação do piso salarial nacional. O anúncio é muito satisfatório porque garante a injeção destes recursos na economia e especialmente no bolso dos professores e professoras que tanto merecem”, reconheceu Anizio, acrescentando que a convocação dos concursados também está sendo tratada com muita responsabilidade pela mesa de negociação.

O governador anunciou também o início, a partir desta quarta-feira (9), da distribuição de chips de internet para 347 mil estudantes da rede pública estadual e do ensino superior. “Esta será uma política permanente, que não vai acontecer apenas só por causa da pandemia”, disse.

Segundo Camilo Santana, já está na Assembleia Legislativa o projeto de lei para garantir a entrega de tablets para alunos da rede estadual de ensino. “A ideia é iniciar a entrega do tablet para o aluno da 1ª série do Ensino Médio. Ou seja, ele vai receber o chip de conectividade e o tablet. Com isso, vai poder passar os três anos do Ensino Médio com esse equipamento que vai auxiliar na aprendizagem. Nós estamos modernizando e trazendo tecnologia para aperfeiçoar e melhorar a educação no estado do Ceará”.

Por último, o governador destacou as conquistas da educação cearense nos últimos anos, entre os quais os resultados alcançados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “A cada ano, o Ceará tem alcançado índices e indicadores cada vez melhores. Sei que nós ainda temos um longo caminho a percorrer, mas mantemos o compromisso de continuar investindo fortemente na educação e na valorização dos nossos professores. A educação no Ceará é uma prioridade porque é ela que liberta as pessoas, que dá oportunidade e condições de um estado se desenvolver. 

Fonte: Governo do Ceará 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botões de Compartilhamento