quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Comissão processante encerra os trabalhos e aprova prosseguimento de denúncia contra o gestor Municipal


A comissão processante criada na Câmara Municipal de Tauá,para apurar possiveis irregularidades praticadas na gestão do prefeito Carlos Windson,encerrou seus trabalhos na tarde dessa quarta-feira,05.O relator da comissão,vereador Valdemar Júnior apresentou o seu relatório,composto por 61 páginas,detalhando as denúncias que foram apresentadas à comissão.A comissão funcionava desde o dia 14 de junho e seguiu todos os ritos do Decreto 201/67,sendo presidida pelo vereador Alaor Mota e contando ainda como membro com o vereador Chico Neto.

O relator foi favorável ao prosseguimento da denúncia que pede a cassação do mandato do prefeito Carlos Windson,acusado de extrapolar o gasto com pessoal,descumprindo o orçamento,dispensa de licitação para contratar o transporte escolar,como a não prestação do serviço e negligência com os bens públicos.O vereador Chico Neto acompanhou o voto do relator.O presidente da comissão,vereador Alaor,votou contra o prosseguimento da denúncia.

Aprovado o prosseguimento da denúncia,agora toda a documentação será entregue ao presidente da Câmara Municipal,vereador Luis Tomaz,o que deve ocorrer nesta quinta-feira.Após o recebimento,o presidente do legislativo deve marcar a sessão que vai decidir o destino do prefeito de Tauá.O plenário vai decidir,podendo ser favorável a cassação ou a favor do arquivamento da denúncia.