sábado, 16 de junho de 2018

Servidores da Educação rejeitam propostas de reajuste salarial apresentadas pelo executivo


O sindicato Apeoc de Tauá realizou uma Assembléia Geral na noite dessa sexta-feira,15,para debater a questão do reajuste salarial dos servidores da Educação.Antes da assembléia foi realizada uma reunião no gabinete da prefeitura Municipal.A equipe do executivo apresentou um parecer de impacto financeiro do referido reajuste com uma estimativa da margem para o aumento de 2,58% inicialmente retroativo a maio/2018 e depois a janeiro/2018.O prefeito Carlos Windson apresentou outra proposta de 4% a partir do próximo pagamento (junho) sem retroativo.Por sua vez a Apeoc defende que o reajuste seja 6,81% e apontou possibilidades para isto.A reunião contou com a presença do gestor Municipal,Carlos Windson,Secretária adjunta Elione Alves,  assessora especial Francy Neuma, assessora jurídica Dra. Marjory ,vereadores Alaor Mota e Fátima Guedes,Secretário de Finanças Félix Benevides e Secretário de Planejamento George,além de outros.A Apeoc esteve representada pelo presidente do Sindicato,professor Auci,vice presidente professora Antomaria , assessor técnico Roque Melo.

Após a reunião foi realizada a assembleia geral dos profissionais da Educação no auditório da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojista )  para avaliar a proposta da Prefeitura Municipal. As duas estimativas de reajuste não foram acatadas pela categoria.Foi marcada uma nova assembleia geral para próximo sábado (23/06) em local a ser agendado e deliberar sobre o rumo a ser trilhado.Ficou acertado também que durante a semana os professores irão se mobilizar para fortalecer a luta e conscientizar os colegas para se envolverem na defesa da classe.

Com informações do Sindicato