terça-feira, 4 de julho de 2017

Ex-Prefeita de Tauá vai coordenar escritório regional da Finep


A partir de hoje, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) vai conceder até R$ 1 bilhão para projetos privados - sejam de startups, pequenas, médias ou grandes empresas - de inovação desenvolvidos na região Nordeste. O financiamento é reembolsável e pode se estender por até 12 anos. A informação foi divulgada ontem pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, convidado para participar do primeiro dia do Encontro Finep para Inovação, realizado no Seara Praia Hotel, em Fortaleza.
O montante total disponível para projetos em todo o Brasil é de R$ 7 bilhões. Entretanto, o ministro ressalta que, no Nordeste, a quantidade de projetos é inferior aos recursos disponíveis. “Nossa meta inicial é tentar encontrar parcerias que possam aproveitar pelo menos R$ 500 milhões desse montante. O que mudaria o patamar da Finep com o Nordeste, que hoje está em R$ 40 milhões”.
Escritório em Fortaleza
Fortaleza vai receber, em breve, - ainda não há data prevista - o primeiro escritório da Finep para atender toda a região Nordeste. Será a primeira sede fora das regiões Sul e Sudeste e coordenada pela presidente estadual do Partido da Mulher Brasileira (PMB), Patrícia Aguiar.A escolha por Fortaleza, entre as demais capitais da região, “obedeceu a critérios técnicos do ponto de vista geográfico e econômico”, justifica Kassab.
Presidente da Finep, Marcos Cintra, diz que trazer um escritório para o Nordeste faz parte de uma “política de regionalização” pela qual o órgão vem passando. “Hoje, 70% das nossas operações estão concentradas em São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e as demais regiões ficavam sub-representadas”. Ainda atribui a baixa demanda de crédito à falta de conhecimento e de comunicação entre o financiador e o setor produtivo. “Não acredito que isso seja um reflexo da falta de capacidade produtiva inovadora dessas regiões”.
O secretario da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, Inácio Arruda, esteve presente no evento e comemorou a instalação do escritório no Ceará. Mas atenta que, “para poder alçar os recursos”, o Ceará vai precisar de um “trabalho muito bem articulado entre academia e setores que demandam essa inovação tecnológica”, como o rural e comércio.
Crédito
Empreendedores já podem solicitar crédito hoje, no evento. Posteriormente, o atendimento será realizado no escritório provisório da Finep, na sede da Fiec, na Aldeota. O órgão deve ganhar sede própria, mas não há data definida.
As taxas do financiamento pelo Finep são baseadas na Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), hoje em 7,5% ao ano. A depender do projeto, e de seu grau de ousadia, é possível obter condições de pagamento mais facilitadas.
A carência pode ter prazo de até 48 meses, 10 ou mesmo 12 anos.
Fonte:O Povo